Quarta-feira, 19 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Michel Temer é homenageado nos 40 anos da Faditu

O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Michel Temer, foi homenageado com o Título de Professor Emérito na abertura das comemorações dos 40 anos de fundação da Faculdade de Direito de Itu - Faditu, no último dia 7 de maio.

terça-feira, 12 de maio de 2009


Homenagem

Michel Temer é homenageado nos 40 anos da Faditu


O presidente da Câmara dos Deputados, deputado Michel Temer, foi homenageado com o Título de Professor Emérito na abertura das comemorações dos 40 anos de fundação da Faculdade de Direito de Itu - Faditu, no último dia 7/5. Cerca de 300 pessoas, entre alunos, professores, personalidades políticas e autoridades regionais compareceram à outorga do título, conferido aos mestres que se distinguiram no exercício da atividade acadêmica e prestaram relevantes serviços à ciência e à instituição. Na solenidade, houve ainda o descerramento de placa que marca a atribuição do nome de Michel Temer ao auditório da instituição.

O diretor da Faditu, Mario Antonio Duarte, iniciou a cerimônia relembrando a carreira de Temer como professor e parlamentar, até chegada à presidência da Câmara dos Deputados. "Somente três brasileiros, na história da República, presidiram a Casa por três vezes e dois deles foram professores da Faditu: Michel Temer, que lecionou Direito Constitucional, e Ulysses Guimarães, professor de Direito Municipal", destacou.

Antes da palestra, Temer autografou livros de sua autoria para alunos e para o público presente e concedeu entrevista à imprensa da região. Respondeu questões sobre o escândalo das passagens aéreas na Câmara, salários e subsídios dos deputados. Em seguida, os convidados se dirigiram para o Anzu Club, onde o deputado foi homenageado pela congregação acadêmica com o Título de Professor Emérito. Temer confessou estar "incendiado de emoção. A Faditu marcou minha vida. Tenho grandes amigos aqui", revelou.

Temer falou da sua ligação com a Faditu e comentou alguns trabalhos apresentados por ele no Congresso Nacional ao longo de sua carreira política. Entre eles, a norma constitucional que garante a inviolabilidade do local de trabalho do advogado. "Agora o cidadão tem a segurança de que informações acerca do seu problema judicial estão resguardadas na posse do profissional." Lembrou que, antes da norma, a pretexto de apreender um documento isolado, às vezes todos os computadores do escritório eram levados pela polícia, causando diversos transtornos.

Advocacia e democracia de mãos dadas

Em seu discurso, o homenageado fez um apanhado histórico da profissão do advogado, na qual atuou com destaque antes de iniciar sua trajetória política e eleger-se deputado constituinte em 1987. Temer deu conselhos aos alunos, falou sobre a democracia e os desdobramentos da carreira jurídica. Afirmou que, quanto mais se aprofunda nos meandros da política, percebe mais claramente que a advocacia sustenta a democracia de um país. "A arte de contestar, própria da profissão do advogado, embasa o exercício da cidadania das nações", concluiu.

Segundo Duarte, "a palestra proferida por Michel Temer demonstrou as idéias que norteiam a sua atuação, quem assistiu saiu sensibilizado com as palavras dele". O diretor da faculdade adiantou que, em breve, o site da Faculdade terá uma página exclusiva sobre o professor emérito Michel Temer, com informações e fotos.

A cerimônia abriu oficialmente as comemorações do aniversário de 40 anos da instituição, a ser celebrado em 11 de agosto. Diversas autoridades da região prestigiaram a homenagem ao deputado. Entre eles, os prefeitos de Salto e de Porto Feliz, Geraldo Garcia (PDT) e Cláudio Maffei (PT); os vice-prefeitos das cidades de Sorocaba e de Itu, José Ailton Ribeiro (PSDB) e Josimar Ribeiro da Costa (PV); o delegado da Polícia Federal de Sorocaba, Agenor Bernardini Junior, além de deputados, promotores, presidentes dos diretórios do PMDB de cidades vizinhas e das subseções da OAB na região.

Também acompanharam a homenagem o ex-professor da Faditu e colega de docência do homenageado, advogado Renato Ribeiro; o ex-reitor da USP, Roberto Lobo e Silva; a atual professora de Direito Constitucional, Maria Luiza Buffo; o diretor da Faculdade de Direito de Sorocaba, José de Mello Junqueira; a professora e ex-reitora da Universidade de Mogi das Cruzes-UMC, Maria Beatriz Carvalho Mello Lobo; e o coordenador do curso de Direito, professor Ailton Scorsoline.



________________________

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes