Terça-feira, 22 de janeiro de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/MG - Biografia de Lafayette Rodrigues Pereira lançada no Fórum que leva o seu nome

Em solenidade repleta de admiradores e familiares, foi lançado ontem, 19/8, no Espaço Cultural do Fórum Lafayette o livro biográfico Lafayette – um jurista do Brasil, que conta a trajetória de Lafayette Rodrigues Pereira, que empresta o nome ao Fórum de Belo Horizonte.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009


Conselheiro

TJ/MG - Biografia de Lafayette Rodrigues Pereira lançada no Fórum que leva seu nome

Em solenidade repleta de admiradores e familiares, foi lançado ontem, 19/8, no Espaço Cultural do Fórum Lafayette o livro biográfico Lafayette – um jurista do Brasil, que conta a trajetória de Lafayette Rodrigues Pereira, que empresta o nome ao Fórum de Belo Horizonte.

O livro foi idealizado pelo deputado estadual Lafayette Andrada, descendente do jurista conhecido como Conselheiro Lafayette. É a primeira obra biográfica sobre o jurista, fruto de pesquisas e observações das professoras Maria Auxiliadora de Faria e Lígia Maria Leite Pereira, biógrafas e professoras da UFMG.

A obra traz, na segunda parte, uma análise crítica da obra jurídica de Lafayette, intitulada Lafayette Homo juridicus pelo professor de direito da UFJF, Paulo Roberto de Gouvêa Medina.

Além do reconhecimento ao jurista pela comunidade jurídica, que "apelidou" o fórum da capital de "Lafayette", a Corregedoria-Geral de Justiça também prestou uma homenagem ao ilustre mineiro, quando inaugurou um busto em homenagem a ele na entrada principal do edifício, durante as comemorações pelos 60 anos de criação da Corregedoria em 2008. Por esses motivos, a família e a Editora Del Rey escolheram o Espaço Cultural do Fórum Lafayette para o lançamento do livro.

Trajetória

Lafayette Rodrigues Pereira nasceu no dia 28 de março de 1834. É natural de Queluz, hoje município de Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas. Foi advogado, jornalista, jurista, orador, político, diplomata e conselheiro de Estado.

Formou-se pela Faculdade de Direito em 1853, na cidade de São Paulo. Em 1857, partiu para Ouro Preto, onde se dedicou à advocacia. No ano seguinte, mudou-se para o Rio de Janeiro onde, simultaneamente, dedicou-se ao jornalismo.

O jurista é um dos nomes mais importantes da história da jurisprudência no Brasil. O Código Civil de 1916 sofreu forte influência de suas obras Direito de Família e Direito das Coisas, em que o jurista organiza a jurisprudência brasileira e os textos jurídicos de origem portuguesa.

"Sua contribuição na evolução do direito civil brasileiro foi enorme. Quando elaborou suas grandes obras, o direito brasileiro era caótico e informe. Eram as ordenações do reino casuísticas e difusas. Era a confusão dos assentos, dos estatutos, dos avisos e dos estilos. Desse caos, tirou Lafayette a límpida exposição do nosso direito civil", disse sobre Conselheiro Lafayette, o jurista, senador da República e governador de Minas Gerais, Milton Campos.

Conselheiro Lafayette faleceu no Rio de Janeiro, em 29 de janeiro de 1917.

______________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes