Quinta-feira, 18 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/SP abriga encontro ítalo-brasileiro sobre adoção

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional do Estado de São Paulo - CEJAI - promove até amanhã, 10/9, o encontro de intercâmbio de experiências na adoção, com a participação de representantes de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009


Adoção

TJ/SP abriga encontro ítalo-brasileiro sobre adoção

A Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional do Estado de São Paulo - CEJAI - promove até amanhã, 10/9, o encontro de intercâmbio de experiências na adoção, com a participação de representantes de São Paulo, Minas Gerais e Bahia.

A iniciativa conta com a parceria da Coordenadoria da Infância e Juventude do TJ/SP, do Conselho de Ministros da República Italiana – Comissão para Adoções Internacionais e o Instituto Degli Innocenti de Florença.

As atividades estão sendo desenvolvidas por magistrados e profissionais do Poder Judiciário brasileiro e italiano, bem como representantes de organismos italianos autorizados e credenciados para atuar na adoção, e outros órgãos não judiciários que atuam em projetos direcionados à infância e juventude.

A idéia surgiu em dezembro passado, quando aconteceu o seminário ítalo-brasileiro em Brasília e foi proposto à Comissão Estadual Judiciária de Adoção Internacional do Estado de São Paulo (CEJAI) a realização desse projeto experimental.

Além das palestras, a delegação italiana visitará abrigos e varas da Infância e Juventude e conhecerá projetos que estão sendo desenvolvidos em prol da criança e do adolescente.

O desembargador Ademir de Carvalho Benedito, representando o presidente do TJ/SP, Roberto Antonio Vallim Bellocchi falou da importância desse intercâmbio de experiências e dos benefícios que serão trazidos, especialmente, aos juízes de 1ª instância que trabalham diretamente com o tema.

Na sua exposição, o juiz auxiliar da Corregedoria e secretário da CEJAI, Raul Khairallah, representando o Corregedor Geral da Justiça do Estado, falou sobre o trabalho da CEJAI e ressaltou que cerca de 80% das adoções internacionais realizadas entre 2004 e 2008 foram de pretendentes italianos.

Na parte da manhã de ontem, falaram a coordenadora da Autoridade Central Administrativa Federal do Brasil, Patrícia Lamego de Teixeira Soares e a professora do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e Adolescente da Pontifícia Universidade de São Paulo (NCA/PUC/SP), Myriam Veras Baptista. Falaram ainda, os juízes do TJ/SP, Eduardo Rezende Melo, Reinaldo Cintra Torres de Carvalho e Richard Paulro Pae Kim. À tarde, assistentes sociais e psicólogos no Tribunal paulista mostraram como vem sendo construído um grande banco de dados para subsídio de políticas públicas. Houve ainda, apresentação de projetos voltados às crianças e adolescentes. Hoje, 9/9, a delegação visitará alguns abrigos da capital e do interior.

_______________________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes