Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Memorial resgata os 55 anos de história da Amagis

Em comemoração aos seus 55 anos, a Associação dos Magistrados Mineiros inaugurou, na quarta-feira, 14/10, o Memorial Amagis, um espaço físico que abriga a trajetória de lutas e conquistas dos magistrados mineiros desde o nascimento da Associação, em 1954.

domingo, 18 de outubro de 2009


Comemoração

Memorial resgata os 55 anos de história da Amagis

Em comemoração aos seus 55 anos, a Associação dos Magistrados Mineiros inaugurou, no dia 14/10, o Memorial Amagis, um espaço físico que abriga a trajetória de lutas e conquistas dos magistrados mineiros desde o nascimento da Associação, em 1954.

Com o objetivo de preservar a história, a cultura e os valores da Associação, o Memorial foi organizado em três narrativas que se complementam e dialogam em um mesmo ambiente : documental, fotográfica e a narrativa oral, que inclui depoimentos gravados em vídeo de agentes de sua história. A execução do projeto e o resgate da história da Amagis foram feitos pelo Escritório de Histórias, com a colaboração de uma comissão composta pelos desembargadores Tibagy Salles Oliveira, Reynaldo Ximenes e Maurício de Paula Delgado e pelo juiz João Grinalson da Fonseca.

"Um dia histórico para a magistratura mineira". Assim, o presidente da Associação, juiz Nelson Missias de Morais, classificou a inauguração do Memorial da Amagis. "Resgatamos a história da Amagis, que participou da construção efetiva de um Judiciário forte e respeitado em todo o país", disse. Ele ainda destacou a importância do registro. "Um povo sem história é um povo sem raiz. Não há como ter projeção para o futuro se não se tem um passado. Então, hoje, estamos resgatando a história da Amagis para o orgulho de todos os magistrados mineiros e seus familiares", afirmou.

O ato de inauguração do Memorial foi realizado pelo presidente da Amagis, juiz Nelson Missias, pelos desembargadores Tibagy Salles, Almeida Melo, Reynaldo Ximenes e Doorgal Andrada, e pelas viúvas dos ex-presidentes da Amagis desembargadores Lincoln Rocha, Maria Auxiliadora Libânio Rocha; e Petrônio Garcia Leão, Maria de Lourdes Vieira Garcia Leão. O descerramento da placa de inauguração foi feito pelos desembargadores Tibagy Salles, Reynaldo Ximenes, Almeida Melo e pelo presidente Nelson Missias.

__________________


Ex-presidentes da Amagis, desembargadores Doorgal Andrada, (vice-presidente da AMB); e Reynaldo Ximenes (vice-presidente do TJMG); presidente da Comissão do Memorial, desembargador Tibagy Salles; viúva do ex-presidente da Amagis, desembargador Lincoln Rocha, Maria Auxiliadora Libânio Rocha; presidente da Amagis, juiz Nelson Missias de Morais; e viúva do ex-presidente da Associação, desembargador Petrônio Garcia Leão, Maria de Lourdes Vieira Garcia Leão, durante a inauguração do Memorial Amagis


Presidente da Amagis, ex-presidentes e diretoria na inauguração do Memorial Amagis


Membros da diretoria, magistrados mineiros e familiares durante a inauguração do Memorial Amagis

_________________
______________

Fotos : Ascom/Amagis

__________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes