Domingo, 15 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Servidor do TJ/SE lança livro de poesias

Após o lançamento do primeiro livro, Questão de Íris, o poeta, artista visual e servidor do TJ/SE Ronaldson lançou o seu segundo livro, Litorâneos, que traz a parceria com Marcel Nauer na capa. A obra foi ganhadora do Prêmio Santo Souza de Poesia, da Secretaria de Estado da Cultura, e é editada pelo selo da Editora Diário Oficial.

segunda-feira, 23 de novembro de 2009


Lançamento

Servidor do TJ/SE lança livro de poesias

Após o lançamento do primeiro livro, Questão de Íris, o poeta, artista visual e servidor do TJ/SE Ronaldson lançou o seu segundo livro, Litorâneos, que traz a parceria com Marcel Nauer na capa. A obra foi ganhadora do Prêmio Santo Souza de Poesia, da Secretaria de Estado da Cultura, e é editada pelo selo da Editora Diário Oficial.

O lançamento ocorreu oficialmente no dia 17/11, juntamente com mais duas obras: Poço Redondo, de Alcino Alves da Costa; e De Portas Abertas, de Juraci Costa de Santana. Compareceram ao evento autoridades, juízes, intelectuais, servidores do Judiciário, amigos e familiares do autor. Dia 19/11, Ronaldson fez outro lançamento, no Espaço Cultural Deputado Djenal Queiroz, no hall da Assembleia Legislativa.

Litorâneos traz a marca do poeta com junções sonoras e visuais para expor temáticas diversas como a memória, o erotismo, o corpo, as frutas e os bichos; e principalmente a nossa geografia litorânea e paradisíaca do verão. Principiando a estação do sol, novembro revela a melhor época para o lançamento desse livro praieiro e alto astral.

Segundo Ronaldson, o livro traz o cuidado visual que é uma preocupação frequente em suas edições e se afina com a iniciativa da implantação da editora. "Preocupei-me com todos os detalhes para o bom nível do trabalho, creio que é uma forma de homenagear o leitor e valorizar o trabalho literário, que deve ser atrativo e vir em uma embalagem de qualidade", revelou.

Elogiado por autores de sucesso, como o maior poeta brasileiro Ferreira Gullar, e por especialistas como Antonio Carlos Viana e Maruze Reis, os poemas de Litorâneos trazem a objetividade cabralina que é presente no autor, confluindo com uma essência emocional e lírica que busca atingir uma escrita que ambiciona levar uma mensagem reveladora ou inquietar o homem atual, comum e cotidiano. "Quando a poesia volta-se para os entes queridos, que partiram; para imagens da infância, ou amor e o erótico não tem como conter a força da emoção que é própria da natureza humana. O melhor é buscar a boa equação entre o sentimento e a forma poética", conclui o autor.

Ronaldson é nome literário de José Ronaldson Sousa, autor que publicou o primeiro livro em 1997, chamado Questão de Íris. Antes do primeiro livro participou de diversas coletâneas sergipanas e outras nacionais. Ganhou concursos literários como o I Prêmio Banese de Literatura - Poesia, em outros municipais e alguns fora do Estado.

Em 2008, Ronaldson expôs xilogravura no Espaço Cultural dos Correios, na Galeria do Sesc e na Semear; participou do catálogo de exposição e revisou o Dicionário de Artes Plásticas de Sergipe, coordenado pelo artista plástico Elias Santos; também ganhou em 2006 o Prêmio Santo Souza de Poesia, da Secretaria de Estado da Cultura.

Em setembro passado, Ronaldson expôs seu trabalho de artista plástico na Mostra Viés, na Galeria J. Inácio, juntamente com outros artistas, utilizando técnicas diversas como colagem, técnica mista, gravura digital e instalação.

________________________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes