Quarta-feira, 26 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Direito GV realiza cerimônia de encerramento de sua 1ª turma

No próximo dia 19/12, a Direito GV realiza cerimônia na Fundação Maria Luísa e Oscar Americano, em São Paulo, para marcar o encerramento da primeira turma da Escola, dirigida pelo professor Ary Oswaldo Mattos Filho, ex-presidente da CVM.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


Encerramento

Direito GV realiza cerimônia de encerramento de sua 1ª turma

No próximo dia 19/12, a Direito GV realiza cerimônia na Fundação Maria Luísa e Oscar Americano, em São Paulo, para marcar o encerramento da primeira turma da Escola, dirigida pelo professor e advogado Ary Oswaldo Mattos Filho, do escritório Mattos Filho, Veiga Filho, Marrey Jr. e Quiroga Advogados.

A Direito GV nasceu a partir de uma ampla pesquisa junto a formadores de opinião, mercado, headhunters, grandes escritórios, empresas perguntando quais eram os grandes desafios das Escolas ao formar profissionais do direito para o mundo dos negócios.

Os resultados dessa pesquisa deram a base para a criação do curso, que priorizou a formação qualitativa à quantidade. A começar pelo próprio processo seletivo. Ficou definido que a Escola trabalharia com turmas anuais de 50 alunos, admitidos por meio um processo seletivo altamente rigoroso que cobra, em sua primeira fase, português, redação, inglês (num nível considerado bastante elevado pelos especialistas) e artes plásticas e literatura. Além da tradicional lista de livros, o vestibular da Direito GV também cobra uma lista de filmes e obras de arte que devem ser estudadas pelos candidatos.

A segunda fase é composta por um exame oral, onde o candidato se apresenta diante de uma banca e é avaliado em competências como clara exposição de idéias, trabalho em equipe, liderança, enfim, habilidades que são diariamente cobradas no mundo real.

Todo o programa de aulas foi definido com objetivo de enfatizar novas competências exigidas no mundo do trabalho. A começar que as aulas, até o terceiro, são em período integral. Há uma grande carga de disciplinas envolvendo o direito nternacional, negociação, arbitragem, mercado de capitais, enfim matérias usadas no dia-a-dia dos negócios, sem deixar de lado, evidentemente, disciplinas fundamentais para a formação dos juristas, como direito constitucional, por exemplo.

Os alunos são estimulados a participar de competições internacionais de mediação sendo que, no ano passado, o grupo da Direito GV ganhou uma das mais importantes competições de mediação do mundo, organizada pela Câmara de Comércio Internacional de Paris (CCI), ultrapassando equipes mais preparadas e mais velhas, como a de Harvard, por exemplo.

Outro aspecto relevante é que, a partir do segundo semestre do terceiro ano, a Direito GV organiza uma "Feira de Estágios", onde os alunos têm a oportunidade de pleitear uma vaga de estágio nos principais escritórios de advocacia do país, em fundos de investimentos e em empresas. Durante o processo, os alunos são submetidos a uma avaliação de inglês, a um exame de conhecimentos e também respondem em que área gostariam de estagiar, a partir do 4° ano. Por essa época, as disciplinas se tornam eletivas e há uma flexibilidade para que os alunos façam estágio no período da tarde nos escritórios. Para você ter uma idéia, agora em 2009, 37 alunos se apresentaram para 116 vagas oferecidas, o que confere uma relação superior a 3 vagas por aluno.

E o resultado será visto no próximo sábado : do total de 50 alunos que iniciaram a graduação, 48 estarão se formando, com apenas 1 desistência e 1 ausência, de outra aluna que participa de um programa de intercâmbio com a Universidade de Illinois (EUA). Do total de formandos, 71% já fazem estágio ou foram efetivados em grandes escritórios. Outros preferiram enveredar pela carreira acadêmica, enquanto 2 deles assessoram a vereadora Mara Gabrilli, cujo trabalho de inclusão de portadores de deficiência física é reconhecido na capital paulista.

______________

______________

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes