Migalhas

Quarta-feira, 26 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Gramatigalhas
José Maria da Costa

Mais de um – Chegou ou chegaram?

quarta-feira, 5 de julho de 2017

A leitora Carina Souza envia a seguinte mensagem para a seção Gramatigalhas:

"Tive dúvida sobre concordância verbal. Encontrei o seguinte trecho: 'Se encontrada apenas uma dessas irregularidades, as contas serão aprovadas com ressalva; se, porém, mais de uma dessas irregularidades for detectada, então as contas serão aprovadas, mas com ressalvas.' E ficou-me a dúvida: 'Mais de uma dessas irregularidades for detectada' ou 'Mais de uma dessas irregularidades forem detectadas?' Obrigada."

1) Uma leitora diz ter encontrado a seguinte frase: "Se encontrada apenas uma dessas irregularidades, as contas serão aprovadas com ressalva; se, porém, mais de uma dessas irregularidades for detectada, então as contas serão aprovadas, mas com ressalvas". E ficou na dúvida sobre qual seja a concordância correta: a) "... mais de uma dessas irregularidades for detectada...”; b) ou "... mais de uma dessas irregularidades forem detectadas..."?

2) Ora, em situações como essa, em que aparece a expressão mais de um no sujeito, a concordância mais comum do verbo é no singular, mas também se admite sua ocorrência no plural. Exs.: a) "Mais de um aluno chegou atrasado" (correto); b) "Mais de um aluno chegaram atrasados" (correto).

3) De modo específico para os exemplos que causaram a dúvida da leitora, confiram-se os resultados: a) "... mais de uma dessas irregularidades for detectada..." (correto); b) ou "... mais de uma dessas irregularidades forem detectadas..." (correto).

José Maria da Costa

José Maria da Costa, é graduado em Direito, Letras e Pedagogia. Primeiro colocado no concurso de ingresso da Magistratura paulista. Advogado. Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP. Ex-Professor de Língua Latina, de Português do Curso Anglo-Latino de São Paulo, de Linguagem Forense na Escola Paulista de Magistratura, de Direito Civil na Universidade de Ribeirão Preto e na ESA da OAB/SP. Membro da Academia Ribeirãopretana de Letras Jurídicas. Sócio-fundador do escritório Abrahão Issa Neto e José Maria da Costa Sociedade de Advogados.

-