Segunda-feira, 23 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Orçamento Base Zero

Leandro Lima

O Orçamento Base Zero consiste na elaboração de uma base orçamentária para um determinado período, sem levar em consideração os orçamentos de períodos anteriores.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Trata-se de uma ferramenta estratégica para ajuste de orçamento e redução de custos. Possibilita que gestores conheçam os principais custos e, com isso, possam estabelecer metas de corte e priorizar os custos fundamentais para o funcionamento do negócio.

O Conceito de Orçamento Base Zero (OBZ) é creditado a Peter Phyrr devido à sua implantação na Texas Instruments na década de 1960, tendo seus resultados sido publicados em 1970 pela Harvard Business Review. De lá para cá surgiram várias versões do Orçamento Base Zero.

O Orçamento Base Zero consiste na elaboração de uma base orçamentária para um determinado período, sem levar em consideração os orçamentos de períodos anteriores. O orçamento de uma empresa ou departamento deve estar alinhado à estratégia da empresa. Primeiramente é preciso estabelecer claramente quais são as metas e objetivos do período e, a partir daí, estabelecer as bases orçamentárias. Muitas empresas consideram que os gastos do último exercício são necessários, o que não é obrigatoriamente uma verdade.

O conceito de Orçamento Base Zero possui duas premissas básicas. São elas:

O bom orçamento deve assegurar a sobrevivência da empresa no pior cenário e ser capaz de aproveitar as oportunidades advindas dos melhores cenários.

O total de gastos fixos deve se situar próximo da margem de contribuição da empresa no pior cenário possível. É importante que a empresa defina qual é o pior cenário possível, mas não necessariamente um cenário catastrófico.

Orçamento é uma técnica de alocar recursos de maneira eficiente.

Diante de restrições impostas pela primeira premissa é preciso classificar os diversos custos por ordem de importância.

Vantagens do Orçamento Base Zero:

  • permite alocação dos recursos de maneira eficiente;
  • ajuda detectar orçamentos inflados;
  • elimina processos que não agregam valor;
  • aumenta a comunicação e coordenação dentro da organização.

Desvantagens do Orçamento Base Zero:

  • consome mais tempo do que orçamento tradicional;
  • obriga os gestores a justificar cada item do orçamento;
  • requer treinamento específico dos gestores.

Para concluir, o Orçamento Base Zero é uma ferramenta estratégica. Parte do princípio de estabelecer os custos e as despesas de uma organização a partir de uma base zero, ou seja, sem levar em consideração os custos de períodos anteriores. Por se tratar de uma ferramenta estratégica, demanda o envolvimento e o tempo de todos colaboradores da organização, de gestores a departamentos operacionais.

__________

* Leandro Lima é membro do escritório Angélico Advogados.