Quarta-feira, 19 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

28,5% não compensa a inflação!

Sylvia Romano

Coitadinhos dos nossos políticos e ministros, que irão receber somente 28,5% de aumento nos seus já polpudos salários. É um desaforo que todos nós brasileiros temos de engolir e principalmente o grupo dos aposentados que vão ter de se contentar com os míseros 3,3% de esmola que receberam.

sexta-feira, 1º de junho de 2007


28,5% não compensa a inflação!

Sylvia Romano*

Coitadinhos dos nossos políticos e ministros, que irão receber somente 28,5% de aumento nos seus já polpudos salários. É um desaforo que todos nós brasileiros temos de engolir e principalmente o grupo dos aposentados que vão ter de se contentar com os míseros 3,3% de esmola que receberam.

Que País é este, onde o ministro da fazenda sai falando que o seu salário é irrisório e que não poderá comemorar com os jornalistas o seu pequeno aumento, pois o que recebe é muito pouco. Será ele não tem vergonha de enfrentar a turma dos miseráveis assalariados brasileiros, que estão à míngua, lutando para manter ou conseguir qualquer emprego com salários cada vez mais ultrajantes? Será que ele não tem vergonha de enfrentar os empresários e empreendedores cada vez mais endividados? Que estão tentando a qualquer maneira manter as portas abertas de suas “firmas”, pois nem mais empresas são, em razão de arcarem com a maior taxa de impostos da atualidade mundial. Isto sem falar novamente dos aposentados, morrendo à míngua a cada dia.

Que Brasil é este, que falta ética, vergonha e seriedade. É um deboche total. Só o poder importa, e a maioria de quem o detém, não está a altura do cargo que ocupa e nem sabe honrar o posto que tem.

Infelizmente nesta nossa sociedade atual, só pode pensar em estabilidade financeira hoje e no futuro, quem for político, banqueiro ou ladrão. São todos farinha do mesmo saco, como diziam nossos antepassados.

Que pena, um País como o nosso abençoado por Deus, acabar na mão de quem acabou.

__________




*Advogada do escritório Sylvia Romano Consultores Associados










_______