Quarta-feira, 23 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Fenômenos da internet como forma de mobilização social

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos

A Clonagem do Blog do Presidente mostra mais uma face deste fenômeno na rede. Na versão Clone do Blog, (http://planalto.blog.br/) os Internautas podem colocar diversas críticas e anseios da sociedade das mais variadas formas.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009


Fenômenos da internet como forma de mobilização social

Coriolano Aurélio de Almeida Camargo Santos*

A Clonagem do Blog do Presidente mostra mais uma face deste fenômeno na rede. Na versão Clone do Blog, (http://planalto.blog.br/) os Internautas podem colocar diversas críticas e anseios da sociedade das mais variadas formas.

Já na versão oficial (http://blog.planalto.gov.br/) é meramente de caráter institucional e informativa, não existe espaço para postagem de mensagens. É a internet como forma de mobilização social. Fontes na internet revelam que o Planalto, em um primeiro momento, não vai tomar nenhuma atitude em relação à cópia virtual.

A cópia do Blog tem as suas utilidades, aberta a comentários, proporciona a remessa de informações importantes, em tempo real, ao planalto, uma vez que o Governo pode verificar quais são as principais críticas e comentários deixados.

Uma semana antes da estreia da versão oficial a mesma já recebia elogios, críticas e sugestões dos internautas. A versão cópia é sincera em dizer que as informações ali inseridas são retiradas da página original do Presidente. Vis a vis, na estreia, o blog oficial comentou as questões relacionadas à regulamentação do pré-sal.

Ainda em um vídeo postado no blog, o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva dá as boas-vindas aos internautas e fala sobre o pré-sal. Segundo Lula, o anúncio representa 'um novo Dia da Independência para o Brasil'.

Twitter contém aviso a internautas sobre a localização das blitz na Capital fluminense

O Twiter por sua característica, virtual e em tempo real, tem servido aos Motoristas para escapar da lei seca no Rio. A Polícia deve começar a usar a rede para verificar quais informações estão sendo disponibilizadas em tempo real para alterar os pontos de fiscalização.

O Twitter permite a inserção de mensagens extremamente curtas, as quais serão enviadas para todos seus seguidores. As mensagens podem ser enviadas através da própria Web, por SMS e por softwares específicos instalados em dispositivos portáteis.

As atualizações são exibidas no perfil do usuário em tempo real e também enviadas a outros usuários que tenham assinado para recebê-las.

A Polícia tem utilizado o Twitter para combater crimes nos EUA. O Microblog serve para dar alertas sobre crimes, dicas e monitorar ocorrências

O uso do microblog Twitter no combate a crimes nos Estados unidos é algo que está se popularizando e vem crescendo. Cidades norte-americanas utilizam a ferramenta para informar a população sobre crimes e até para monitorar possíveis ocorrências.

Em Milwaukee, os policiais utilizam o Twitter para dar avisos, dicas de como evitar assaltos e informar sobre o trânsito e operações das autoridades na cidade. O perfil da polícia de Milwaukee no Twitter tem cerca de 920 seguidores.

Fontes na rede revelam que a polícia de outras cidades, como Boston, Baltimore e Richmond, também aposta no Twitter como ferramenta de informação. Uma das vantagens do Twitter é que as mensagens são enviadas imediatamente, e podem ser lidas em computadores ou dispositivos portáteis.

O Governo norte-americano, em conjunto com a SANS, lança um desafio digital, na busca por jovens talentosos e com competências necessárias para preencher os cargos de profissionais de "cibersegurança", centros de pesquisas e “anjos” cibernéticos.

Trata-se de uma cadeia multidisciplinar de profissionais para que se possa atingir a maximização dos resultados frente às ondas eletrônicas nocivas.

Barack Obama sabe da importância da Internet. O presidente viveu seus benefícios e seus prejuízos. Obama sabe como ele mesmo reconheceu que ganhou as últimas eleições presidenciais em parte graças à força da rede e ao seu alcance. E o presidente também sabe que a segurança cibernética é suscetível de violação, como aconteceu em sua campanha no outono passado, quando piratas da informática entraram no site do candidato democrata e roubaram informação pertencente ao banco de dados.

De olho no poder cibernético da Coréia do Norte os EUA se preparam para iniciar uma nova guerra, desta vez travada no ciberespaço. Para essa luta, Obama comunicou a criação de um alto cargo de ciber-segurança com escritório na Casa Branca (ao qual chamou de "ciberczar").

Em julho deste ano, programas "malévolos" tomaram por alvo 26 sites dos EUA e da Coreia do Sul, entre os quais o da Casa Branca. Os atacantes tentaram bloquear os sites ao sobrecarregar sua capacidade de dados, o que os tiraria de serviço. Os pesquisadores de todo o mundo tentam estudar os efeitos deste ataque em maça e como ondas, a serviços públicos de caráter fundamental com alto grau de dependência da Internet.

Em relação às comunicações oficiais, é preciso cuidado e a implantação de políticas de segurança. Recentemente o FBI iniciou investigação sobre os e-mails da Governadora do Alaska que foi a candidata republicana a vice-presidência dos EUA que supostamente teria usado o e-mail do Yahoo para tratar de assuntos oficiais.

Nos EUA a discussão ganhou relevo após a descoberta de que o Governo Bush teria em tese se utilizado de contas particulares de e-mail para conduzir assuntos da Casa Branca.

Cada vez mais a rede apresenta novas caras e novos fenômenos e formas de mobilização social.

_____________

*Advogado. Juiz do Egrégio Tribunal de Impostos e Taxas de São Paulo. Presidente do Comitê sobre Crimes Eletrônicos da OAB/SP (PR nº 295/09). Professor da Pós-Graduação do Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos, Universidade Federal Fluminense e Instituto Nacional de Pós-Graduação. Professor do MBA em Direito Eletrônico da Escola Paulista de Direito e outras. Professor Palestrante na USP, ACADEPOL, FAZESP e diversas instituições. Sócio Diretor do escritório Almeida Camargo Advogados













______________