Encerrado


Seminário


O agravo após a Lei nº 11.187/05

  • Data: 20/4
  • Horário: 9h30 às 13h10
  • Local: Copacabana Mar Hotel, rua Ministro Viveiros de Castro, 155, RJ

Objetivo


A Lei Federal nº 11.187/05, que alterou a redação dos artigos 522, 523 e 527 do Código de Processo Civil, promoveu substanciais mudanças na legislação relativa ao recurso de agravo, limitando as hipóteses de cabimento de agravo de instrumento e lançando aos operadores do Direito alguns desafios de interpretação das novas normas. O seminário terá como objetivo delimitar e esclarecer as principais alterações promovidas na legislação processual pertinente ao recurso de agravo.


Público Alvo


Advogados, magistrados, estagiários e demais operadores do direito que atuam na área de direito processual civil.


Programa


9h30 – 9h50 - Credenciamento


9h50 – 11h5


- Gilberto Gomes Bruschi


Advogado. Mestre e doutorando em Processo Civil pela PUC/SP. Coordenador do curso de pós-graduação lato sensu em Processo Civil da Faculdade de Direito de Itu – FADITU. Membro do corpo docente do curso de pós-graduação lato sensu da Universidade Presbiteriana Mackenzie, como professor palestrante convidado. Professor no curso preparatório para carreiras jurídicas da Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes - LFG. Sócio efetivo do Instituto Brasileiro de Direito Processual – IBDP. Autor de diversas obras, entre elas: Incidente Defensivo no Processo de Execução e Aspectos Processuais da Desconsideração da Personalidade Jurídica; Processo de Execução - Temas Polêmicos e Atuais; Co-autor da obra AGRAVO contra as Decisões de Primeiro Grau pela Editora Método, além de vários artigos publicados em revistas especializadas. Possíveis interpretações e respectivas conseqüências da nova redação do "caput" do art. 522 do CPC ("lesão grave e de difícil reparação") -O agravo de instrumento e a regra geral de conversão;

  • Visão geral do agravo de instrumento e do agravo retido após a Lei nº11.187/05: cabimento e procedimento.
  • As decisões proferidas em audiência de instrução e julgamento e o agravo retido oral
  • A reforma da decisão do relator (art. 527, parágrafo único).

11h5 – 11h20 - Perguntas e discussão


11h20 – 11h40 - Coffee Break


11h40 – 12h55


- Gilberto Gomes Bruschi

  • Possíveis interpretações e respectivas conseqüências da nova redação do "caput" do art. 522 do CPC ("lesão grave e de difícil reparação") -O agravo de instrumento e a regra geral de conversão;
  • Casos em que o agravo retido seria inócuo.
  • Efeitos suspensivo e ativo ao agravo de instrumento.
  • Regras de direito intertemporal.

12h55 – 13h10 - Perguntas e discussão


Coordenação acadêmica:

  • Mauro Scheer Luís

Bacharel em direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, advogado atuante na área empresarial, com formação em PNL - Programação Neurolingüística - pela Sociedade Brasileira de Programação Neurolingüística, ex-diretor geral do IEJE - Instituto de Estudos Jurídicos e Econômicos, especialista em consultoria de planejamento estratégico (físico e de marketing) para escritórios e departamentos jurídicos, tendo participado de diversos treinamentos e cursos de formação gerencial, no Brasil e no Exterior (Alemanha e Inglaterra), cursando MBA em excelência gerencial pela FAAP, presidente da Central Prática Consultoria e Treinamento


Observações


*Estão inclusos no valor do investimento: material de apoio (constituído por apostila contendo os slides projetados no datashow, e um coffee break.


*A programação do evento está confirmada, podendo ocorrer substituições de organizações / palestrantes, respeitados os temas propostos.


*A confirmação da realização do seminário está sujeita a quorum mínimo; no caso de cancelamento, todo e qualquer valor pago a título de inscrição será devolvido, porém não nos responsabilizamos por gastos com passagens aéreas, traslados, hospedagem ou qualquer outra despesa.


Realização

  • Central Prática Consultoria e Treinamento

_____________


Para concorrer à vaga:


Clique aqui.



INFORMAÇÕES E INSCRIÇÕES


TELEFONE


(11) 5521-2150


E-mail


contato@centralpratica.com.br


ou


Clique aqui


Publicado quinta-feira, 16 de fevereiro de 2006