Domingo, 15 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

Migalhas nº 420

                                     Migalhas  

Segunda, 22 abril de 2002 / nº 420 / fechamento às 7:12

Notícia do dia

Surpresa no primeiro turno das eleições na França

  • Jean-Marie Le Pen, candidato à Presidência da França que aparecia apenas em terceiro lugar nas pesquisas, bagunçou o panorama político do país.

  • Nem os franceses que lhe deram ontem 17% do total de votos acreditavam em sua chegada ao segundo turno, marcado para 5 de maio.

  • Agora, os socialistas derrotados ensaiam uma união inusitada com o presidente de direita, Jacques Chirac, que disputará a reeleição contra Le Pen.

  • O primeiro-ministro Lionel Jospin, derrotado no primeiro turno da eleição presidencial francesa, anunciou ontem que deve abandonar a política depois do segundo turno, no próximo dia 5.

  • O surpreendente desempenho do líder do partido Frente Nacional foi chamado de ‘‘cataclisma’’ pela imprensa francesa.

Novo SPB

Depois de quatro adiamentos, entra hoje em operação o novo SPB. Se você vai fazer hoje uma transação bancária de mais de R$ 5 milhões, seu dinheiro terá compensação imediata. Caso contrário, se você só movimenta migalhas, por enquanto não muda nada.

Novo ministro no STF

A expectativa para a semana, provavelmente na quarta, é a nomeação do mato-grossense Gilmar Ferreira Mendes, ainda Advogado Geral da União, como ministro do STF.

Denúncia

Gilmar será nomeado tendo que explicar a denúncia feita pela revista Época de que tem participação em um curso de Direito que recebe verbas da AGU. Segundo a revista, Gilmar ganha dos dois lados.

Sem comentários

Na reportagem de Época, Gilmar afirma ser o melhor constitucionalista do Brasil. Ah.....

Desistindo dos feitos

A AGU editou mais seis súmulas que permitem o abandono de causas em que a decisão contra o INSS e a favor do cidadão é certa, baseado em entendimentos e jurisprudência. A medida deverá extinguir até 50.480 ações que hoje tramitam na Justiça Federal.

Colega Roseana

Roseana Sarney vai voltar à sala de aula. Ela decidiu estudar Direito. Matricula-se hoje na Universidade do Maranhão.

Inutia truncat

O TJ/RJ está eliminando documentos administrativos como ofícios, memorandos dispensáveis e processos cujas prescrições já venceram. A medida tem como objetivo eliminar o máximo possível de documentos do tribunal, que ganhará definitivamente um arquivo próprio no próximo ano.

Não tão inúteis

Reunidos sexta-feira no STF, os presidentes dos tribunais superiores decidiram aceitar o corte de R$ 111,5 milhões no orçamento do Poder Judiciário proposto pelo Executivo. O motivo para o corte são as exigências previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal e a frustração de receitas da União.

Bancos e o CDC no STJ

O STJ volta a discutir, na próxima quarta-feira, a incidência do CDC sobre os contratos bancários, dessa vez, sob o argumento de que a Lei 4.595/64, a chamada Lei da Reforma Bancária ou do Mercado de Capitais, é quem rege os contratos das instituições financeiras, e não o CDC.

Cobrança indevida

O juiz da 36ª Vara Cível de SP condenou uma universidade por cobrança indevida de mensalidades. Os alunos repetentes estavam sendo obrigados a pagar mensalidade integral apesar de cursarem apenas parte das disciplinas.

Rosa e Azul

Hoje será inaugurada a exposição Renoir, O Pintor da Vida, no Masp.

 __________***_________

Migalhas Cliping

Carta Capital

"VENEZUELA : Minuto a minuto a história do golpe falido e do contra-golpe bem sucedido de Hugo Chávez;

Veja

"O Calvário da Igreja – No ocaso de seu pontificado, o papa enfrenta o problema mais doloroso de seu reinado: o escândalo dos padres pedófilos"

Época

"Lula presidente? – As forças e fraquezas de um governo do PT"

IstoÉ

"O paraíso dos piratas"

The New York Times – EUA

"Extreme Rightist Eclipses Socialist to Qualify for Runoff in France"

Financial Times Americas – Inglaterra

"G7 concern as Argentina suspends all banking"

El País – Espanha

"El ultra Le Pen aplasta a Jospin y disputará la presidencia de Chirac"

Clarín – Argentina

"Las cajas de ahorro siguen en el corralito"

O Estado de S. Paulo - São Paulo

"Le Pen seurpreende e esquerda perde na França"

Jornal do Brasil - Rio de Janeiro

"Educação limita salários"

Folha de S. Paulo - São Paulo

"Extrema direita passa ao 2º turno na França"

O Globo - Rio de Janeiro

"Extrema-direita derrota Jospin e vai para o 2º turno na França"

O Estado de Minas - Belo Horizonte

"Candidato apoiado por FHC perde voto"

O Correio Braziliense - Brasília

"Esquerda fora do segundo turno na França"

Zero Hora - Porto Alegre

"Esquerda sofre derrota histórica na França"

A Tarde - Salvador

"Mudança em bancos gera expectativa"

O Popular - Goiânia

"Jovens compram armas em feiras"

Diário de Cuiabá - Cuiabá

"Boi Gordo – Credores pressionam Justiça"

O Povo - Fortaleza

"Novo sistema bancário – O que muda a partir de hoje"

Jornal do Commercio - Recife

"Argentina fica sem alternativa"

________***________

Migalhas   

Mais informações, colaborações e sugestões :

migalhas@migalhas.com.br ou maismigalhas@uol.com.br 

 

Indicar amigos ou não receber mais esta publicação :

cadastro@migalhas.com.br  ou cadastromigalhas@uol.com.br

 

Alguma migalha na íntegra ou notícias sobre temas atuais :

busca@migalhas.com.br

 

Ombudsman : ombudsman@migalhas.com.br

 

Site : www.migalhas.com.br

Fontes: Carta Capital, Folha Online, Agência Folha, Folha de S.Paulo, Veja Online, Exame, Info Exame, Reuters, Lusa, France Presse, The New York Times, Financial Times, Le Monde, USA Today, BBC, El País, The Boston Globe, Hearst Newspapers, Cox News Service, The New York Times, Agência Brasil, Agência Safras, Meu Dinheiro, Dinheironet, Consultor Jurídico, Espaço Vital, Ambiente Global, UOL, Jornal do Brasil, O Estado de São Paulo, STF, STJ, Zero Hora, Correio Braziliense, Diário de Cuiabá, Correio da Bahia, A Tarde, Diário de São Paulo, Hoje Em Dia, O Popular, Tribuna do Paraná, Diário Catarinense, O Estado de Minas, O Povo, O Imparcial, Tribuna de Minas, Tribuna do Norte, Valor Econômico, Gazeta Mercantil, O Estado do Paraná.