Domingo, 20 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Migalhas nº 520

Terça-feira, 17 de setembro de 2002  - nº 520 - Fechamento às 8h21.

 

Ilustre apresentação

Na maioria das quartas-feiras servimos os leitores de artigos do monge beneditino Marcelo Barros. Em verdade, catamos os artigos no matutino goiano O Popular, pois o ponto de vista do monge escritor é sempre ímpar. Excepcionalmente hoje você poderá ler Marcelo Barros em lindo artigo de apresentação do site Migalhas. Clique aqui, para ler o imperdível artigo.

Notícia

Os jornais de hoje dizem que Saddam aceitou receber inspetores da ONU, no Iraque. Veja no Migalhas Clipping que as manchetes da maioria dos matutinos são quase idênticas.

EUA x Iraque

O jornal The New York Times anuncia que o "Iraq, responding to worldwide pressure after President Bush demanded that it comply with United Nations resolutions, said today that it would allow international weapons inspectors to return "without conditions."" (Clique aqui)

(O Iraque disse nesta segunda-feira que permitirá a volta dos inspetores de armas "sem impor condições". Foi uma resposta à pressão mundial depois que o presidente norte-americano George W. Bush exigiu que o país cumprisse as resoluções da ONU.)

Escravo de Osama

Arnaldo Jabor n’O Globo e no Estadão. "Estamos no caminho certo, queridos irmãos, pois Alá me deu a luz de uma grande idéia: lancei os aviões americanos contra a própria América e agora estou lançando o Bush para destruir o Ocidente. Alá seja louvado, pois o Bush está fazendo tudo que eu quero, de certo modo ele me obedece, pois, com a ajuda de Alá, ele segue direitinho o meu script, minha ordens. Obcecado por se vingar de mim, ele está, na verdade, hipnotizado por meus desejos. Bush é meu escravo. É meu homem-bomba. Ele vai atacar o Iraque e lançar o caos no mundo todo, abrindo as portas do inferno na Ásia e depois na Europa." (Clique aqui)

Na contramão da história

Luís Fernando Veríssimo no Estadão e no jornal O Globo. ""Não se deve generalizar" é uma boa e sábia frase feita. Generalizar é sempre arriscado. Desobediência a resoluções da ONU como razão para atacar um país, como o Bush invocou com relação ao Iraque, também serviria como pretexto para atacar Israel, que há anos ignora resoluções da ONU com apoio dos Estados Unidos.(...)

Tudo, afinal, é relativo, o que é outra maneira de dizer que nenhuma generalização acerta. Não sei se a anedota é nova, mas só ouvi agora. Homem telefona para o celular da mulher, preocupado porque ela dirige o seu carro, pela primeira vez, numa auto-estrada. "Querida, cuidado. Vi na televisão que tem um maluco andando pela contramão na estrada em que você está." E a mulher: "Um maluco, não. São centenas!" A anedota perde a graça quando se sabe que na contramão está indo para a guerra a maior potência bélica do mundo, o que automaticamente transforma a contramão em mão única, por mais que a gente buzine. (Clique aqui)

Boatos eleitorais

Com volume de negócios reduzido por conta do feriado judaico do dia do perdão, a Bovespa andou de lado. Pesaram contra, os rumores de uma ascensão de Lula, para 44%. O dólar subiu, batendo os R$ 3,20.

Acusando

O polêmico jornalista Cláudio Humberto, em coluna veiculada em diversos jornais de hoje, traz uma nota intitulada "Serra: flagrante de sonegação" dizendo : "Mais uma estranha operação envolvendo o candidato José Serra (PSDB): ele vendeu a conhecido doleiro paulistano, por apenas 1 real, um prédio de 216 m² situado na rua Atimbá, nº 160, no bairro de classe média alta "City Lapa", em São Paulo."

Defendendo

Mas, antes que o fato repercuta negativamente, o advogado de José Serra, Arnaldo Malheiros (leitor de Migalhas), em missiva publicada na Folha de S. Paulo de hoje diz que "O casal Serra foi proprietário de uma casa na rua Atimbá, nº 160, Lapa, São Paulo -adquirida em 1981 com financiamento da Caixa Econômica Federal e vendida por contrato particular de 15/5/85 pelo valor de 80 milhões de cruzeiros, além do saldo da dívida que o adquirente continuou a pagar à Caixa. Após a baixa da hipoteca, em 29/7/97, o comprador recebeu a escritura definitiva pelo valor de R$ 1. Isso porque, entre o contrato particular e a data da escritura, a moeda mudou cinco ou seis vezes de nome e de valor, tornando o preço original praticamente sem expressão monetária na data da venda. Todavia a operação foi declarada por José Serra à Receita Federal no exercício de 1986 e preenchido o Demonstrativo de Alienação de Imóveis exigido pela lei. Na própria escritura constou, com clareza, que estava sendo cumprido o contrato particular de 1985 no valor de 80.000.000 de cruzeiros, referindo esse número."

Corrigindo

Migalhas faz apenas uma pequena correção, o casal Serra era proprietário e residia até o início dos anos 80, na rua Atimba e não Atimbá. A estreitíssima rua fica na Vila Ida e tem seu início na rua dr. Luiz Augusto de Queiroz Aranha. O informação foi passada à Redação por uma ex-vizinha de Serra.

Promessas

O presidente do STF, ministro Marco Aurélio de Mello, cobrou ontem dos candidatos à Presidência uma preocupação maior com o mercado de trabalho. Ao comentar uma das mais repetidas promessas de campanha, sobre criação de 8 milhões de empregos em quatro anos, o ministro alertou:

  • "Eu espero a concretude das idéias, o eleitorado evidentemente estará atento ao perfil de cada candidato e saberá distinguir o que realmente é efetivo e o que visa simplesmente a êxito nesse certame."

Contribuição sindical

Convenção coletiva não pode impor contribuição a não-sindicalizados. (Clique aqui)

Confisco de terras

O presidente do TST, Francisco Fausto, encaminhou ao presidente da Câmara, deputado Aécio Neves, ofício apelando para que seja colocada em apreciação, em regime de urgência, a PEC nº 438/01 que determina o confisco de terras de proprietários que mantenham empregados em regime de trabalho escravo. (Clique aqui)

Sem mulher e sem direito

Marido enganado não tem direito a restituição de alimentos pagos a criança. (Clique aqui)

Responsabilidade objetiva atenuada

Transportadora divide responsabilidade por acidente causado pela própria vítima. (Clique aqui)

??????

O jornal O Estado de S. Paulo, persistindo no erro, veicula matéria hoje afirmando que "O Dentran voltou atrás em sua decisão e liberou temporariamente o viva-voz no trânsito, até que o Contran defina a questão." Recomendamos Migalhas ao centenário matutino.

Projeto

O STJ lança hoje o projeto O Despertar Vocacional Jurídico com o objetivo de contribuir para a interação dos jovens com a rotina da carreira jurídica. O projeto vai promover a visita ao tribunal e o acompanhamento das sessões de julgamento.

Artigo

Artigo de Luiz Guilherme Moreira Porto Constrangimento ilegal: confusão entre o termo jurídico e o comum. "Para a caracterização do crime de constrangimento ilegal não é suficiente que a pessoa tenha sido submetida a qualquer situação de vergonha, embaraço, ou mesmo vexame, pois essa figura penal exige, para o seu aperfeiçoamento típico, que alguém seja compelido a fazer algo que a lei não obriga, ou a deixar de fazer algo que a lei permite, mediante violência, grave ameaça, ou qualquer outro meio capaz de diminuir a capacidade de resistência." (Clique aqui)

Beatles

Um julgamento marcado para daqui a uma semana em NY poderá revelar novos aspectos dos últimos anos da vida íntima de John Lennon, incluindo detalhes sobre sua tensa relação com Paul McCartney. O julgamento ocorre depois de uma ação movida por Yoko Ono, viúva de Lennon, contra Frederic Seaman, ex-auxiliar pessoal do músico, acusado de roubo e venda de 374 fotos da família e de cartas manuscritas por Lennon. Algumas fotografias já foram incluídas em um livro publicado por Seaman, "Os Últimos Dias de John Lennon." Já entre as cartas, há uma que o ex-Beatle mandou para McCartney e Linda reclamando da falta de apoio do casal à sua relação com Yoko Ono.

Posse

O jurista e historiador Raymundo Faoro assume hoje, às 21 horas, a cadeira número 6 da ABL, que foi do jornalista Barbosa Lima Sobrinho. Ele foi eleito há dois anos, mas não tomou posse por motivo de saúde. A cerimônia estava marcada para terça-feira passada, mas foi cancelada. Raymundo Faoro já bateu um recorde na ABL : expediu 2.500 convites

Candidatos ilustres

Já existem vários candidatos a imortal, na vaga de D. Lucas Moreira Neves. Entre eles Jô Soares, Ives Gandra da Silva Martins e a apresentadora Luciana Gimenez.

__________________***______________________

Migalhas Clipping

The New York Times – EUA

"U.N. Inspectors Can Return Unconditionally, Iraq Says"

Le Monde – Paris

"Pourquoi collèges et lycées vont manquer de professeurs"

Corriere Della Sera - Itália

"L’Iraq accetta gli ispettori ONU"

El País – Espanha

"La policía detiene en Burdeos a los jefes de los ‘comandos’de ETA"

Público - Portugal

"Sampaio diz que ataque unilateral ao Iraque é ‘convite à anarquia"

Clarín – Argentina

"Los muertos en la tragedia son 47"

O Estado de S. Paulo - São Paulo

"Iraque aceita inspeção sem condições"

Jornal do Brasil - Rio de Janeiro

"Dólar ultrapassa os R$ 3,20"

Folha de S. Paulo - São Paulo

"Iraque decide aceitar inspeção da ONU"

O Globo - Rio de Janeiro

"Saddam recua e reduz risco imediato de guerra"

Estado de Minas - Belo Horizonte

"Iraque aceita inspeção da ONU"

Correio Braziliense - Brasília

"Rorizistas abafam escândalo das fitas"

Zero Hora - Porto Alegre

"Iraque aceita sem restrições volta de inspetores da ONU"

O Popular – Goiânia

"Transporte coletivo entra em crise"

Diário de Cuiabá - Cuiabá

"Reduzir violência com polícia sucateada é o grande desafio"

Jornal do Commercio - Recife

"Brasileiro evita ter nome sujo na praça"

__________***______________

Apoiadores :

  • Silva Telles Advogados - Prof. Goffredo da Silva Telles Junior e Dra. Maria Eugenia Raposo da Silva Telles
  • Pinheiro Neto Advogados
  • Amaro, Stuber e Advogados Associados
  • Armelin, Daibes, Aldred, Fagoni, Cunha e Matos Advogados
  • Homero Costa Advogados
  • Preto Villa Real Advogados
  • Saeki Advogados
  • Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques, Advocacia
  • Reale Advogados Associados
  • Azevedo, Cesnik, Quintino & Salinas Advogados
  • Pereira Martins Advogados Associados
  • Rayes, Fagundes & Oliveira Ramos Advogados Associados
  • Lobo & Ibeas Advogados
  • Tess Advogados