Segunda-feira, 19 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Migalhas nº 575

 Quarta-feira, 4 de dezembro de 2002  - nº 575 - Fechamento às 8h15.

 

JP Morgan

 

A divulgação de um relatório do banco americano JP Morgan na manhã de ontem trouxe de volta tensão e especulação aos negócios no mercado brasileiro. A instituição reduziu a recomendação de compra dos títulos brasileiros de neutro para abaixo da média de mercado. O JP Morgan alegou que o recente movimento de alta dos papéis não deve se sustentar nas semanas seguintes e que a tendência para os próximos dois meses é incerta.

 

XX Migalhas

 

Analistas de Migalhas informam que o novo relatório do JP Morgan e sua descabida decisão de reduzir os investimentos em títulos do Brasil refletem mais uma opção do banco por embolsar os lucros obtidos recentemente do que uma real preocupação com o cenário político e econômico do país. Ademais, os migalheiros afirmam ainda que os grandes bancos estrangeiros tem o costume de reduzir as aplicações em mercados emergentes na virada do ano, para apresentar bons números no balanço financeiro anual.

 

Vizinhos

 

O JB, em editorial, fala sobre Lula e o vizinho portenho. Segundo o matutino carioca, “Brasil e Argentina têm muito a fazer. Precisam avançar no aperfeiçoamento dos regimes fiscais e do regime cambial, na legislação de contratos e seguros, também nas leis trabalhistas - até mesmo as normas técnicas sobre produtos exigem melhor definição. Enquanto os laços comerciais não forem aperfeiçoados, dificilmente se abrirá o espaço para a ampliação e o fortalecimento do Mercosul. É tarefa para ontem.” (Clique aqui)

 

Estadão x Lula

 

O Estado de S. Paulo critica, e muito, os discursos de Lula na Argentina. Segundo o jornal dos Mesquita, “O aspecto relevante da fala de Lula é o que diz respeito ao futuro do Mercosul. A importância deriva, em primeiro lugar, do fato de suas palavras marcarem um distanciamento do que ele próprio disse, não faz muito, ao defender a descabida idéia de uma integração política latino-americana que precederia o aprofundamento da integração aduaneira e econômica.

 

Ou Lula meramente confundiu inspiração política com o estabelecimento de instituições políticas para promover o desejável objetivo de estreitar os laços entre os países da região ou pensou mesmo que o carro poderia passar proveitosamente à frente dos bois - como se a União Européia tivesse prescindido de décadas de aproximações sucessivas no plano da economia antes de se constituir como entidade política, simbolizada pela moeda única e pelo Parlamento Europeu.”

 

Migalhas dos leitores

 

“Nada a estranhar sobre os jornais brasileiros darem destaque às críticas de Lula sobre FHC na Argentina. É, no mínimo, deselegante (e talvez seja um tique de eterno candidato), apresentar um relacionamento tão cordial pós-campanha e falar mal pelas costas. Não precisa elogiar, mas a campanha já passou...” Flavia Maria Pelliciari - escritório Franceschini e Miranda Advogados

 

 

No mesmo tom

 

Provando que opinião da leitora de Migalhas deve ser respeitada, o jornalista Elio Gaspari diz hoje, n’O Globo e na Folha de S. Paulo, quase a mesma coisa. Senão :“Que Lula não desça do palanque, entende-se. Entende-se até que ele fique lá por quatro anos, visto que sua fala alegra, agrada e conforta.(...) O que não se entende é que ele suba em palanque até na Argentina.” (Clique aqui)

 

Duelo final

 

Itamar Franco deu ontem um prazo para que a União salde a dívida relativa às obras feitas pelo Estado em rodovias federais. Segundo ele, caso o repasse não ocorra até sexta-feira, Minas irá entrar com ações judiciais para obter o dinheiro na próxima segunda-feira.

 

Minas

 

O jornalista Mauro Santayana afirma hoje no Correio Braziliense que Itamar Franco está sendo punido por ter defendido a autonomia federativa. Nessa defesa ele prestou, entre outros, um grande serviço ao país, quando impediu, com sua resistência, a privatização de Furnas e o controle da Cemig pelos sócios estrangeiros minoritários.” (Clique aqui)

 

Reforma na pauta

 

Após dois anos de tramitação no Senado, a reforma do Judiciário volta hoje à pauta do plenário sob pesadas críticas do presidente do STF, ministro Marco Aurélio Mello, da OAB, e em meio a uma grande polêmica, envolvendo juízes federais, trabalhistas e estaduais.

 

Ministros do STF, e de Lula

 

O PT tenta hoje, mais um vez, adiar a votação da reforma do Judiciário. Entre os pontos polêmicos rejeitados pelo partido está o aumento da idade para aposentadoria compulsória dos ministros do STF de 70 para 75 anos. A medida iria tirar das mãos de Lula a escolha de cinco ministros da alta Corte, durante o seu mandato.

 

Sorteio

 

Ontem foi sorteada a vaga oferecida pela Internews para participação no seminário o   O impacto do novo Código Civil nas relações comerciais e contratuais. Veja se você foi o ganhador.(Clique aqui)

 

Direito de defesa

 

De acordo com o STJ, multa de trânsito só pode ser imposta após notificação e direito de defesa ao infrator. (Clique aqui)

 

Sem ISS

 

O STJ decidiu que a produção de móveis por encomenda não justifica incidência de ISS. (Clique aqui)

 

Competência

 

STF reafirmou ontem, em julgamento, que é competência da Justiça comum julgar desmatamento em propriedade particular.

 

ICMS paulista

 

O Governador de SP questiona lei sobre ICMS no Supremo. Veja a notícia na íntegra. (Clique aqui)

 

Migalhas internacionais

 

Leitor de Migalhas nos EUA, o advogado Lionel Zaclis ministrará uma palestra, hoje, na Universidade de Harvard. O causídico fará um estudo comparativo entre as leis brasileira e americana.

 

Conhece o caminho

 

No mesmo estádio no qual marcou duas vezes e levou a Seleção Brasileira ao pentacampeonato mundial, em junho último, Ronaldo, o Fenômeno, fez um gol e ajudou o Real Madrid a conquistar o Mundial interclubes.

 

Destino

 

Por acaso, Marcio Thomaz Bastos tem reunião marcada hoje com o atual ministro da Justiça, Paulo de Tarso Ribeiro, justo no dia em que Lula deve anunciar parte de sua equipe.

 

TV digital no Brasil

 

A equipe de transição vai apresentar a Lula a proposta de que a implantação da TV digital no país seja totalmente reexaminada. Segundo o professor da PUC/RJ Marcos Dantas, integrante da equipe, o sistema de TV digital é muito mais caro do que o existente hoje no país. Ele lembrou que seria necessário trocar os 50 milhões de aparelhos de TV instalados. Para o professor, a tecnologia de TV digital americana é um fracasso; a européia ainda está em fase de implantação; e a japonesa é somente um protótipo.

 

Acelerando nas aquisições

 

O Itaú anunciou ontem a compra do Banco Fiat S.A. por 897 milhões de reais.

 

Pilatos

 

Unidos no planejamento e assassinato do casal Marísia e Manfred von Richthofen, os namorados Suzane Louise von Richthofen e Daniel Cravinhos não mostraram ontem a mesma cumplicidade. Na hora de confessar o crime à Justiça paulista, um culpou o outro pelo duplo assassinato, ocorrido no dia 30 de outubro último

 

Salvos por Guia Lopes

 

Manuscritos do Visconde de Taunay sobre a Guerra do Paraguai estão entre os itens que serão leiloados amanhã no Espaço Euroart/Castelli, em São Paulo. O valor estimado deles é de R$ 7.000.

 

Porandubas

 

Programe sua agenda. (Clique aqui)

 

 ________

Migalhas Cliping

 

The New York Times – EUA

“Turkey Saying No to Accepting G.I.’s Large Numbers”

 

Financial Times Americas – Inglaterra

“US-style mortgages to ease Mexican housing”

 

Corriere Della Sera

“Scontro tra Berlusconi e la Fiat sulla crisi”

 

Clarín – Argentina

“Un escándalo en la Corte paró la redolarización” 

 

O Estado de São Paulo - São Paulo

“Palocci admite que a meta de inflação de 2003 pode ser elevada”

 

Jornal do Brasil - Rio de Janeiro

“Novos ministros começam a ser conhecidos amanhã”

 

Folha de São Paulo - São Paulo

“Exclusão ameaça democracia, diz Lula”

 

O Globo - Rio de Janeiro

“Miséria recua mas ainda há 54 milhões de pobres no país”

 

O Estado de Minas - Belo Horizonte

“Acordo com Minas cria balcão de troca”

 

O Correio Braziliense - Brasília

“Partidos barganham aumento de impostos”

 

O Popular - Goiânia

“Polícia acha elo entre roubo de carro e máfia da gasolina”

 

O Povo - Fortaleza

“Você deve pagar mais IPTU”

 

Jornal do Commercio - Recife

“Lula ‘apaga incêndio’ no PT”

 
___________

Apoiadores :

  • Osorio e Maya Ferreira Advogados
  • Pinheiro Neto Advogados 
  • Preto Villa Real Advogados
  • Rayes, Fagundes & Oliveira Ramos Advogados Associados
  • Reale Advogados Associados - Prof. Miguel Reale e Dr. Miguel Reale Júnior 
  • Saeki Advogados
  • Silva Telles Advogados - Prof. Goffredo da Silva Telles Junior e Dra. Maria Eugenia Raposo da Silva Telles
  • Tess Advogados
  • Trigueiro Fontes Advogados Associados 
  • Amaro, Stuber e Advogados Associados
  • Armelin, Daibes, Aldred, Fagoni, Cunha e Matos Advogados
  • Azevedo, Cesnik, Quintino & Salinas Advogados
  • Boccuzzi Advogados Associados
  • Bottallo e Gennari Advogados
  • Daniel Advogados
  • Demarest e Almeida Advogados
  • De Rosa, Siqueira, Almeida, Mello, Barros Barreto e Advogados Associados
  • De Vivo, Whitaker e Gouveia Gioielli Advogados
  • Felipe Amodeo Advogados Associados 
  • Felsberg, Pedretti, Mannrich e Aidar - Advogados e Consultores Legais
  • Goulart Penteado, Iervolino e Lefosse Advogados
  • Homero Costa Advogados
  • Jayme Vita Roso Advogados e Consultores Jurídicos
  • Lobo & Ibeas Advogados
  • Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques, Advocacia
  • Marrey Advogados Associados - Dr. José Adriano Marrey Neto 
  • O´Dwyer, Oliveira & Leite Advogados Associados - Prof. Edson O´Dwyer 
  • Oliveira Neves & Associados
_______________________***______________________