Crise política

26/10/2005
Armando Rodrigues Silva do Prado

"Migalheiros, as CPIs, com destaque para a do Bingo, desde que perderam o foco e o 'fio da meada', estão especializando-se em ouvir criminosos, estelionatários e encarcerados por grandes feitos contra a lei, incentivados pela malfadada 'delação premiada'. Sugiro que os petistas usem do mesmo expediente, levando o juiz Lalau para incriminar o governo anterior por falta da devida fiscalização na expropriação de verbas para a construção do 'prédio do trabalho', ou talvez, levar Beira–mar, mostrando que o seu sucesso na década de 90 deveu-se às facilidades dadas pelo poder público da época, ou ainda, fazer uma grande audiência pública com os que estão presos desde os anos 90, mostrando que delinqüiram em função da falta de condições sociais dadas pelo governo tucano, estabelecendo assim o nexo causal. As CPIs carecem encontrar o tal do 'fio da meada', ou então, parar com o denuncismo que enxovalha, condena e executa sem a garantia dos princípios básicos constitucionais."

Envie sua Migalha