Programa eleitoral

10/8/2015
Alexandre de Macedo Marques

"Continuo, cada vez mais, estupefato com o cinismo do PT e seus próceres. O último programa eleitoral do partido atingiu o nível de 'estado de arte' na capacidade de manipular a verdade. A meia verdade e a mentira. Em certo momento lembrei-me de uma peça teatral que fez grande sucesso na década de 60, 'Marat-Sade' do Peter Weiss. O Marquês de Sade, internado no Asilo de Alienados de Charenton (pelos motivos óbvios) resolveu encenar a morte de Marat utilizando os dementes internados como atores. Na encenação do programa eleitoral do PT a direção foi do alucinado marqueteiro João Santana. No papel do Marquês de Sade notórios trêfegos petistas com destaque para o Lula, o Rui Falcão e, ainda, mais um abusado 'Zé', no caso o 'de Abreu'. Dilma interpreta Marat, tratando suas coceiras na banheira e escrevendo odes à mandioca. E Charlotte Corday, quem interpreta? perguntará um migalheiro de outras épocas. Bem nessa versão petista ainda não está definido quem brandirá o punhal. O sinistro Temer, quem sabe, não lhe faltam características físicas para tal."

Envie sua Migalha