Entrevista - José Nêumanne Pinto

18/8/2015
Luiz Galesi

"Sr. José Nêumanne, acabei de ler a 'propaganda' do seu livro 'O que sei do Lula'. Você diz que conheceu o Lula em 1975! Então você não não conhece nada do Lula (Migalhas 2.694 - 16/8/11 - "O que você sabe de Lula?" - clique aqui). O que você conhece é a história de um acidental presidente de Sindicato, que se aproveitou de uma classe de trabalhadores acovardados, na sua maioria nordestinos, que se identificou com outro nordestino. E, esse fato, ocorreu numa época em que os militares já estavam entregando o Poder para novos aventureiros. Eu conheci de fato o Lula, ou melhor o Taturana, como era conhecido nos anos 60. E eu o conheço desde 1965, quando ainda não passava de um garoto esperto e recém-'formado' pelo Senai. E pudemos trabalhar na mesma empresa por alguns anos. De trabalhador mesmo, ele pouco foi, pois quis o destino que ficasse às 'benécias' de um sindicato amarrado pelos militares. Gostou tanto dessa boa vida que soube aproveitar muito bem 'dos privilégios' do fazer nada. Inteligência? Sem dúvida, e ainda o é."

Envie sua Migalha