Pílula do câncer

12/11/2015
Wilson Malnati

"Para alguns desafortunados doentes, essa é apenas uma confirmação da sentença de morte já em execução (Migalhas 3.740 - 12/11/15 - "Pílula do câncer" - clique aqui). O maior risco que esses doentes correm é de serem curados. O segundo maior, seria o de morrerem mais rápido. Com essa decisão, evita-se que os doentes de câncer morram de intoxicação ou sofram de algum efeito colateral, não descritos nos últimos 25 anos de uso da substância. Parece merecer reparos a decisão."

Envie sua Migalha