Impeachment

3/12/2015
Thadeu Magalhães

"Totalmente inoportuno e eivado de oportunismo o recebimento de tal pedido de impeachment (Migalhas quentes - 3/12/15 - clique aqui). Se a intenção é a troca de alguém não devido, que ocupe a presidência da República, por alguém com a aura de probo, bom e justo, há que se levar em consideração que em caso de eventual impeachment os sucessores seriam o atual vice-presidente, o presidente da Câmara ou o presidente do Senado. Desses, quem não sofre ações e não tem contas no exterior seria tão somente quem se está querendo depor. Estranhamento total, causa tão tormentosa questão. Fica até parecendo que a questão mais se aproxime mesmo de um golpe, e como soi comum ocorrer em 'golpes' o que virá depois pode ser, comumente é, pior do que o que se golpeou."

Envie sua Migalha