Defensoria Pública

4/12/2015
Sérgio Aranha da Silva Filho

"Os advogados paulistas que arduamente prestam serviços à população carente, receberam neste Natal, um 'presente' da Defensoria, entidade com a qual são 'parceiros' neste convênio assistêncial. O 'presente' chama-se não pagamento pelos serviços já prestados. Inadimplência, na linguagem técnica, calote, na popular. O pior é que veio à traição, pois, cada advogado que presta os serviços deveria ser ao menos prévia e pessoalmente avisado que ia trabalhar, mas não iria receber sua verba alimentar. Mais um mal exemplo que vem de cima. A que ponto chegamos, não!"

Envie sua Migalha