PL - Direito Privado - RJET

2/4/2020
Rodrigo Antônio de Araújo Rezende

"Tudo que é feito bastante às pressas destina-se a uma lambança colossal. O PL é cheio de incongruências, algumas delas já citadas pelos leitores. Destaco a preocupação com aqueles que vivem de renda de um único imóvel. Destaco outra: que prováveis ações ajuizadas após 20/3, mas cujas causas de pedir forem anteriores a tal data, não deveriam se abarcadas pelo PL. A isso, não tem menção. Lamento. É um despropósito. Espero que o bom senso faça vir algo melhor do que isto."

Envie sua Migalha