Eleições AASP

27/11/2006
José Diogo Bastos Neto

"AASP - uma só chapa de situação (parafraseando o filósofo, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa). Em que pese o envolvimento entusiasmado de expressivos causídicos paulistas nas próximas eleições na AASP, desde jovens profissionais até a chamada 'velha guarda', algumas premissas demandam sedimentação, visando orientar o eleitorado, certamente confuso não só pelo ineditismo da disputa, como por ambas as chapas se intitularem situacionistas. Com efeito, a Chapa 1 é a única situação uma vez que (a) é apoiada pelo atual presidente, Antonio Ruiz, (b) tem como candidato à presidência o vice-presidente, Sérgio Marçal, (c) detém apoio da maioria na Diretoria , (d) igual apoio da maioria do Conselho, e, por fim, (e) apoio formal da maior parte dos ex-presidentes da instituição. Ou seja, por conclusão inevitável, a eleição de Marçal, que há cinco anos integra a Diretoria da AASP, significa continuísmo no melhor sentido da palavra - qualidade de serviços, defesa de prerrogativas, aprimoramento constante, etc., etc. -, pois configurará continuidade das gestões que o antecederam e apóiam, sem que esta constatação objetiva, obviamente, signifique desqualificação da outra chapa, que pode ter todos os méritos e predicados, menos o de se intitular como chapa da situação."

Envie sua Migalha