Artigo - Reformar o processo penal é preciso

16/2/2007
Aldana Messuti Tardelli

"Em que pesem as considerações traçadas no artigo, a aceleração do Processo Penal e Civil jamais irá se concretizar com meras alterações Legislativas (Migalhas 1.597 – 15/2/07 – "Alerta !", Márcio Thomaz Bastos – clique aqui). Somente teremos uma Justiça rápida se houver contratação de pessoal para trabalhar no Judiciário, já que, evidentemente, unificar audiências ou retirar recursos não irá diminuir os mencionados nove anos de trâmite processual - talvez iremos ganhar alguns meses, quem sabe. Para mim parece óbvio que é humanamente impossível um juiz com mais ou menos dez cartorários cuidar de cinco mil processos (sendo otimista)... sem mencionar a razão volume de autos/número de desembargadores nos Tribunais. Alterações legislativas só servem para 'tapar o sol com a peneira' e fingir que algo está sendo feito. Saudações acadêmicas."

Envie sua Migalha