Porte de arma para advogados

6/3/2007
Luciano Cesar Pereira

"Não concordo com a opinião do Presidente da OAB (Migalhas 1.606 – 5/3/07 – "Migas – 5" – clique aqui). Se ele acha que não deve usar arma, que não use, mas que cada advogado possa optar por usá-la ou não. Ano passado, fui vítima de um assalto, e dois indivíduos me renderam, às 7 da manhã, quando saia para levar meu filho de 7 anos para a escola. Estavam em minha casa, minha esposa e mais 3 filhas (18, 12 e 10 anos). Graças a Deus e por possuir uma arma pude reagir e proteger minha família, além de impedir que os assaltantes fugissem com a viatura da Polícia Militar. A 'oratória' dos assaltantes era que eles estavam a fim de 'aprontar'... Os dois estão presos até hoje."

Envie sua Migalha