Imposto

8/1/2008
Conrado de Paulo

"Na saída do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, o vice-presidente José Alencar comentou o aumento de impostos: 'O novo pacote de aumento de impostos – baixado para compensar as perdas decorrentes do fim da CPMF – é uma espécie de remendo, que não resolverá a situação fiscal do país. Só com uma ampla reforma no setor; reiterou, seria possível consertar 'coisas erradas' vigentes no sistema tributário. Caso contrário, não vamos consertar nunca. O que se deseja é simplificar o sistema tributário nacional e mandar (um projeto) para o Congresso (...). Aí nó poderemos consertar essas coisas erradas que têm no sistema tributário brasileiro, mas com esses remendos nós não vamos consertar nunca. Tudo isso que se faz, não só esse (pacote), todos eles é (sic) remendo. Nós temos mesmo é que tratar da reforma tributária como um todo'. Esse vice não tem papas na língua, mesmo."

Envie sua Migalha