CPMF

14/1/2008
Olavo Príncipe Credidio – advogado, OAB 56.299/SP

"Leio em notícias da OAB: 'Toron: reeditar CPMF é desrespeitar o Congresso e a cidadania'. Eu estaria de acordo com ele se o Congresso fosse formado de maneira pelo menos lógica. Não é! Como 81 senadores podem desmentir mais de 300 deputados a favor do imposto? É preciso extinguir o Senado, se quisermos ter Justiça. Isto não é democracia, é palhaçada imposta pelos militares. Ademais, desculpe-me: que o Presidente fale de per si, em seu nome, não em nome da OAB, pois, por exemplo, não está autorizado em falar em meu nome."

Envie sua Migalha