UNIP

27/8/2004
Fabiola Ferro

"Felizmente estudei em uma faculdade de Direito de 1ª linha, como costuma-se dizer hoje em dia, (Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo) e estou profundamente horrorizada com o comércio que existe entre as novas escolas jurídicas. Hoje em dia qualquer pessoa, com o mínimo de conhecimento, conclui um curso de Direito, tornando-se bacharéu. A UNIP não é um caso isolado. A Universidade Anhembi-Morumbi, veiculada na TV, tem a mesma proposta de graduação modulada, como se fosse uma especialização. Se 5 anos não são suficientes para adquirir todo o conhecimento necessário par atuação no mercado de trabalho, como faremos com apenas 2 anos? A classe jurídica deveria se unir como fizeram os médicos, contra a abertura de cursos meramente comerciais."

Envie sua Migalha