segunda-feira, 1º de junho de 2020

ISSN 1983-392X

Pílulas
segunda-feira, 11 de maio de 2020

Baú migalheiro

Em 11 de maio de 1900, há 120 anos, morreu, em Paris, José João Martins de Pinho, Barão de Alto-Mearim no Brasil e 1º Conde de Alto-Mearim em Portugal. Tendo partido muito jovem para o Brasil, acumulou grande fortuna, tornando-se benfeitor de diversas instituições portuguesas de caridade. Foi presidente do Liceu Literário Português do RJ.

t

Pique-pique

Aos aniversariantes migalheiros do dia, enviamos nosso abraço. E o fazemos em nome do ilustre ministro Ricardo Lewandowski, do STF, que assiste hoje às comemorações de seu aniversário.

t

Parabéns!

sexta-feira, 8 de maio de 2020

Pires Gonçalves - Advogados Associados promove debate sobre Fake News com Marcelo Crespo e Paulo Silvestre

O escritório Pires Gonçalves - Advogados Associados realiza hoje, às 11h, mais um webinar da série "Os impactos da COVID-19 sob os olhos da Lei".

O debate será sobre fake news, sob o comando de Marcelo Crespo, sócio especialista em Privacidade e Proteção de Dados da banca, e Paulo Silvestre, jornalista especializado em mídia, conteúdo online e cultura digital, eleito LinkedIn Top Voices em 2016.

Para participar, clique aqui e utilize o ID: 789-105-824.

Baú migalheiro

No dia 8 de maio de 1782, há 238 anos, faleceu Sebastião José de Carvalho e Melo, o Marquês de Pombal, político e diplomata português. Ingressou no curso de Direito na Universidade de Coimbra e dedicou-se depois ao estudo da história e política. Foi embaixador nas cortes inglesa e austríaca, secretário de Estado dos Negócios Estrangeiros e ministro do Reino. 

t

Pique-pique

Aos aniversariantes migalheiros do dia, enviamos nosso abraço. E o fazemos em nome do ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, do TST, que assistirá no sábado às comemorações de seu aniversário e do ministro Raul Araújo, do STJ, que assistirá no domingo às comemorações de seu aniversário. 

t

quinta-feira, 7 de maio de 2020

Vencido, mas não convencido

Nove ministros proferiram votos enaltecendo as garantias constitucionais da vida privada, do sigilo e da proteção de dados. O ministro Marco Aurélio, único a divergir, não ficou muito satisfeito com a atuação dos colegas: "Para acompanhar o relator, não há necessidade de sustentar, para divergir, sim."

O comentário foi proferido 

Mudam-se os tempos

A obsoleta “lista telefônica” foi invocada várias vezes durante o julgamento, sob o mote de que os dados impugnados na MP - nome, número e telefone – eram amplamente disponibilizados em um passado não tão distante. Cármen Lúcia confessou sentir saudades daquele mundo que já acabou e do qual havia lista telefônica: “Se eu perguntar para um dos meus sobrinhos mais jovens, ele não vai sequer saber disso, como há poucos dias perguntei, se sabia o que era ‘cair a ficha’. Orelhão para ele é apenas uma orelha grande”. 

Guaribada

Ainda sobre o local de apresentação dos ministros, e compreendendo que o excesso de trabalho impede que se perca tempo com minudências, leitores enviaram mensagens se dispondo a ajudar o ministro Fux a dar uma organizada no quartinho onde S. Exa. profere os votos, se assim quiser.

t

t

Baú migalheiro

Em 7 de maio de 1917, há 103 anos, o dirigente revolucionário russo e líder bolchevique, Vladimir Lenin, se tornou o primeiro presidente do Governo da União Soviética. Manteve o cargo como primeiro mandatário até 1924. Durante os anos 1918 e 1920, a guerra civil conduziu o governo soviético à beira do desastre e para Lenin, o destino da Rússia dependia da Revolução Mundial.

t

quarta-feira, 6 de maio de 2020

Na intimidade do lar

Desde que as sessões plenárias deixaram de ser realizadas no austero edifício do STF, os julgamentos ganharam uma cara mais “pessoal”. É possível ver o gosto dos ministros estampado nos quadros, nas decorações e... nas canecas. Ontem, o ministro Alexandre de Moraes mostrou seu lado corinthiano - já sabidamente conhecido - ao beber água na caneca do timão. 

t

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram