terça-feira, 29 de setembro de 2020

FACHADAS

A arquitetura clássica, mas toda reformada e modernizada, realça o escritório de Aracaju/SE.

Na quente Ribeirão Preto/SP, os raios solares iluminam a fachada do escritório.

As letras cursivas em preto destacam na fachada toda branca do escritório mineiro de Poços de Caldas/MG.

A placa metalizada contrasta com a cor neutra do escritório de Junqueirópolis/SP.

O alto muro e a cerca elétrica revela a preocupação do escritório de Tupã/SP com a segurança.

Gramatigalhas

"Professor: Devemos dizer: 'Em pé e à Ordem' ou 'De pé e à Ordem'? Obrigado."

Dirceu Jacob de Souza
Eleição OAB

"O advogado só é reconhecido em ano de eleição da OAB. Muitos advogados para sobreviver estão fazendo bicos vendendo (salgados). Enquanto isso nas grandes subseções e na seccional não há crise porque é movida a festas. Confraternizações, reuniões regadas a comes e bebes. Isto é só para os companheiros. Você advogado do interior já recebeu um cartão parabenizando o dia do advogado? Já foi convidado a participar das reuniões e festas? Isto é para os companheiros que compõem as comissões. Você só será lembrado em ano eleitoral ai vai receber convites e cartas o ano todo. Terminou a eleição você não existe mais. Isto é a realidade."

Sergio Furquim
Felipe Neto

"Estou indignada com a atitude do digníssimo nosso presidente Federal, dr. Felipe Santa Cruz em assinar uma carta de apoio ao Felipe Netto, além de outros apoiadores. Que vergonha! Os nossos interesses com toda a grana que pagamos até hoje, este órgão teve a coragem vergonhosa em oferecer uma ajuda de custo de R$100,00 (cem reais). Em primeiro lugar nossos interesses advocatícios, os pessoais e ideológicos, políticos cada um na sua postura."

Aparecida Sonia de Oliveira Tanganeli
Gilmar x Forças Armadas

""Vi, pela televisão, a tentativa do ministro Gilmar querendo explicar sobre a sua infeliz fala. Tentar dizer que o 'stf' não desautorizou o presidente, que deveria haver um compartilhamento entre o governo federal e os governadores e prefeitos. Depois fala em Forças Armadas e genocídio. Será que ele sabe o que é genocídio? Se houve ou se houver o tal genocídio, o primeiro culpado será o seu querido 'stf', com as irresponsáveis atitudes que tomou contra o governo federal. Além de covarde, segundo palavras do seu afilhado, um tal de 'lula', ainda é mentiroso. Palavras lançadas, são como pedras lançadas, não voltam. Ao menos deixou claro que o peso das armas fala mais alto que a sua grande competência de juiz, tentando sair da enrascada em que se meteu. O peixe sempre morre pela boca e o senhor ministro ainda não aprendeu isso. Não só ele, todos os seus pares de tribunal. Julgam-se poderosos. Na verdade, poderosos eles são, mas, nunca poderão tudo. Quem viu a cara do ministro na televisão, percebeu a 'sem gracesa', (como diz o mineiro de uma certa região de Minas Gerais) estampada nos seus trejeitos faciais. O 'stf' vem tentando ser o salvador da pátria contra o presidente e aliando-se a dois adversários lá no Congresso Nacional. São o presidente da Câmara e o do Senado. Bolsonaro, esperto como é, deixou que a carruagem seguisse em frente. Sabia que, uma hora, um deles iria cutucar a onça com vara curta, acostumados que estão a falar o que bem entendem e, às vezes, sobre assuntos que nada entendem. Um deles, o que se julga o mais espertinho de todos, mordeu a isca. Agora, vem com 'cara de tacho' tentar nos enganar com suas desculpas esfarrapadas. A mim, não convenceu! Nem por isso, serei capaz de ofender ou desacatar qualquer um dos ministros do 'stf' (não sou louco e nem idiota), mas, como cidadão, reservo-me o direito de ter muitas dúvidas sobre a capacidade de fazer justiça atribuída à Corte."

Luiz Guilherme Winther de Castro
Covid-19

"Como vocês vêm dando importância às questões relativas à Covid-19, o que é justificável, pois trata de algo relevante nas nossas vidas, seria apropriado, também, sob a minha humilde ótica, noticiar que o nosso país, mesmo não sendo o que mais tem casos de contaminação, é o que mais tem curados. Acho que não são somente notícias ruins e parciais que devem ser veiculadas nesse poderoso rotativo. Tenham todos um bom dia, um bom final de semana e fiquem em segurança."

Marcelo Moleiro
Gramatigalhas

"Preciso escrever algo com a palavra 'diaconisa', mas quero abreviar. É correto por só Diac. (e o nome dela), Diaca. (e o nome dela) ou Dcsa. (e o nome dela)? Nada encontrei até o momento que esclareça essa dúvida. Desde já, obrigada!"

Patricia Souza
Lava Jato
"Fachin já impôs a Aras
Mais do que um dissabor
Por amar a Lava Jato
Com emoção e fervor
Amor de corar bochecha
Paixão que muda de cor!"

Zé Preá
Amianto

"O plenário virtual do STF, por maioria, manteve o entendimento exarado em 2017 , que proibiu, em todo o território nacional, a exploração, comercialização e utilização do mineral cancerígeno amianto. A presente decisão reafirma o poder dos Estados de restringirem o uso do amianto e obriga as empresas no estado do Rio de Janeiro a custearem o tratamento de seus empregados vitimados. Além das ADIs mencionadas, que questionam leis de proibição nos Estados de Pernambuco e Rio Grande do Sul, tramitam ainda uma ADPF contra lei de mesmo teor do município de São Paulo e, para nós, a de maior urgência, a ADI 6200, que se insurge conta a Lei Ronaldo Caiado, que autoriza desde julho de 2019, a exploração do mineral mortal, no Estado de Goiás, para fins de exportação. Nós, da Associação Brasileira dos Expostos ao Amianto (ABREA), aguardamos ansiosos que o ministro relator, Alexandre de Moraes, acolha os reiterados apelos da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT) para que conceda liminar, suspendendo esta prática execrável de racismo ambiental, duplo-padrão (double standard) ou dupla moral, que permite que exportemos a populações mais vulneráveis socioambientalmente que a nossa aquilo que foi considerado prejudicial para a saúde dos brasileiros e brasileiras."

Fernanda Giannasi
Gramatigalhas

"Qual a forma correta para a colocação a seguir: 'Á movimentação 01, do autor pleiteia ...' ou 'Na movimentação 01, o autor pleiteia...'."

Melissa de Sousa Lacerda Fagundes
Capitalismo x comunismo

"Capitalismo são vários, comunismo é sempre um. Os recentes casos das empresas Natura e Magazine Luíza são emblemáticos nesse 'novo'/'velho' paradigma que se desenha debaixo dos nossos narizes e pés. A 'velha'/'nova' disputa entre capitalismo e comunismo/socialismo, entre democracia e ditadura, entre liberdade e igualdade (como se fossem incompatíveis e, não, complementares, como de fato são), ou seja, o bom e velho maniqueísmo, nunca esteve tão forte e presente. O capitalismo é adaptativo. Conseguiu implantar o 'quem lacra, lucra'. A questão é que há vários capitalismos, desde sistemas capitalistas de livre mercado e em países que culturalmente e constitucionalmente são democráticos (as suíças e suécias da vida), passando pelo capitalismo de compadrio ou crony capitalisam (Rússia, Brasil e tantas outras autocracias e democracias 'fracas' como a nossa, cheias de interferência estatal, monopólios, pouca concorrência e pouca liberdade de mercado), chegando à China, que logrou implantar a fusão entre capitalismo e comunismo/socialismo na sua esmagadora ditadura. Aliás, o capitalismo, plástico como é, não é e nunca foi incompatível com a ditadura. O Brasil, mesmo, em suas duas ditaduras, manteve o capitalismo. Mas o fato é: enquanto o capitalismo é adaptativo e se amolda tanto a ditaduras e democracias falhas e assoladas por populismos, quanto às mais exuberantes democracias (capitalismo de livre mercado), o comunismo/socialismo (tudo estatizado, sem liberdades individuais e propriedade privada, sem livre mercado, sem livre iniciativa...), somente ocorre como sendo ditadura. Por isso sou, sim, capitalista. Mas aposto no capitalismo liberal, em um estado democrático, que garanta e respeite a liberdade individual, a propriedade privada, o livre mercado. Parafraseando Max Weber, no seu monumental Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo: o melhor sistema é o capitalismo com ética, uma ética da liberdade (sem a qual não há igualdade!), uma ética da prosperidade, pessoal, social e econômica."

Hudson Couto Ferreira de Freitas
mail

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente