terça-feira, 7 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Nomeação

Se reeleita, Dilma vai escolher 60% dos ministros do STJ

Até o momento a presidente já escolheu 12 integrantes para o Tribunal.

terça-feira, 10 de junho de 2014

Conquistada a reeleição em outubro próximo, a presidente Dilma Rousseff terá a oportunidade de nomear um total de 19 ministros para o STJ durante os mandatos. Até o momento, Dilma já escolheu 12 integrantes para o Tribunal.

Em 2014, saem da Corte atingidos pela compulsória os ministros:

- Arnaldo Esteves Lima (julho);

- Ari Pargendler (outubro);

- Gilson Dipp (outubro);

- Sidnei Benetti (agosto).

Se a presidente nomear os novos integrantes antes do fim do ano, ela terá escolhido nada menos do que 16 ministros do STJ durante o atual mandato, quase metade da composição atual da Corte.

Ministro

Nomeado por

Antonio Carlos Ferreira

Dilma

Herman Benjamin

Lula

Ari Pargendler

FHC

Arnaldo Esteves Lima

Lula

Assusete Magalhães

Dilma

Benedito Gonçalves

Lula

Nancy Andrighi

FHC

Felix Fischer

FHC

Francisco Falcão

FHC

Og Fernandes

Lula

Gilson Dipp

FHC

Humberto Martins

Lula

João Otávio de Noronha

FHC

Jorge Mussi

Lula

Laurita Vaz

FHC

Luis Alberto Gurgel de Faria

Dilma

Luis Felipe Salomão

Lula

Marco Aurélio Belizze

Dilma

Marco Buzzi

Dilma

Isabel Gallotti

Lula

Maria Thereza de Assis Moura

Lula

Mauro Campbell

Lula

Napoleão Nunes Maia Filho

Lula

Nefi Cordeiro

Dilma

Paulo de Tarso Sanseverino

Lula

Moura Ribeiro

Dilma

Raul Araújo

Lula

Regina Helena Costa

Dilma

Villas Bôas Cueva

Dilma

Rogerio Schietti

Dilma

Sebastião Reis Junior

Dilma

Sérgio Kukina

Dilma

Sidnei Beneti

Lula

Maioria absoluta

Se reeleita em outubro para mais quatro anos no Palácio do Planalto, Dilma terá a oportunidade de indicar novos integrantes para as vagas dos ministros que se aposentam pela compulsória. São eles:

- Napoleão Nunes Maia Filho (dezembro de 2015);

- Felix Fischer (agosto de 2017);

- Laurita Vaz (outubro de 2018).

Com tais nomeações, a Corte passaria a ser composta por nada menos do que 19 ministros escolhidos por Dilma, quase 60% das vagas no Superior.

No total, o STJ tem hoje 72% de seus membros escolhidos durante o governo do PT. Nos anos do governo Lula (2003/10), foram nomeados 14 ministros.

Já durante a presidência de FHC (1995/2002), sete foram os escolhidos.

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram