Migalhas

Sábado, 4 de abril de 2020

ISSN 1983-392X

Direito Desportivo

Eliminação do Boca Juniors da Libertadores foi correta, diz especialista

Para o advogado Leonardo Azevedo, a atitude dá credibilidade à organização a fim de evitar ações similares no futuro.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

A Conmebol – Confederação Sul-Americana de Futebol – anunciou no último sábado, 16, a exclusão do clube Boca Juniors da Copa Libertadores 2015. A punição veio após os problemas provocados pela torcida do time no clássico com o River Plate na quinta-feira, 14, no estádio da Bombonera, em Buenos Aires, Argentina. Na ocasião, a partida foi interrompida antes do início do segundo tempo depois que jogadores do River foram atingidos por spray de pimenta.

Na opinião do advogado Leonardo Neri Candido de Azevedo, especialista em Direito Desportivo do escritório Rayes & Fagundes Advogados Associados, a decisão foi correta, já que o regulamento de disciplina da Conmebol prevê a punição. 

A infração feriu o artigo 11 do regulamento, o que poderia resultar na aplicação das sanções previstas no artigo 22, como advertência, multa, portões fechados, exclusão e repetição da partida, quando forem praticadas infrações que contrariem dispositivo do ordenamento da entidade. Diz o artigo 11 que as sanções disciplinares previstas nos artigos 22 e 24 do regulamento podem ser impostas às associações e clubes em casos de comportamento incorreto ou inadequado dos seus adeptos que tenham causado danos.

Para Leonardo Azevedo, a decisão é importante para evitar ações similares futuramente.

"Sem dúvida, a ação oriunda do dano é de titularidade da torcida do Boca, tanto por ser um jogo de torcida única e devido a responsabilidade do próprio mando, quanto pelas imagens de televisão que mostram o torcedor inserindo o suposto produto dentro do túnel de acesso dos jogadores. A Conmebol possuía subsídios técnicos para desclassificar sumariamente o Boca Juniors da competição, atitude que dá maior credibilidade à organização, a fim de se evitar ações similares de insegurança contra os atletas nos próximos jogos".

____________________

patrocínio

Advertisement

últimas quentes

-