sexta-feira, 17 de setembro de 2021

MIGALHAS QUENTES

fechar

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

  1. Home >
  2. Quentes >
  3. Afastado pelo INSS, advogado usa OAB do irmão para conduzir audiência
Advogado

Afastado pelo INSS, advogado usa OAB do irmão para conduzir audiência

Juíza do Trabalho determinou que sejam oficiados OAB, MPF e INSS.

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Um advogado do Guarujá, que está afastado pelo INSS, se aproveitou da semelhança e usou a OAB do irmão para atuar em audiência contra sua empregadora. Descoberta a fraude, a juíza do Trabalho Mariana Kawahashi, da 2ª vara do Trabalho do Guarujá/SP, determinou que sejam oficiados a OAB, MPF e INSS.

t

Na ação contra a empresa, a autora discute verbas trabalhistas, como banco de horas e acúmulo de função. Ela compareceu à audiência acompanhada de seu advogado.

Foi então que o representante da empresa informou que o patrono que acompanhava a autora na audiência na verdade era o irmão do advogado dela; informou que o presente é empregado da empresa, e que se encontra com contrato suspenso por afastamento perante o INSS.

Indagado pelo juízo, o advogado da mulher teria se negado a esclarecer a situação: "por que sou obrigado a responder?".

O irmão se apresentou como advogado líder na reclamação, tendo, inclusive, segundo ata de audiência, sentado na cadeira próxima ao juiz e tomado as rédeas nas tratativas de acordo na instrução. Mas, compulsando os autos, a juíza verificou que ele sequer possui procuração nos autos.

"Verifica o Juízo que apesar de conduzir a audiência, Dr. ____  forneceu a OAB de seu irmão à secretária de audiência, para que, incorretamente, fizesse constar o nome do Dr. _____ como o patrono, aproveitando-se da semelhança de ambos."

"Em clara demonstração de afronta à boa-fé processual", a juíza verificou que o homem presente tentou atuar na ação, contra sua empregadora, fazendo-se passar por seu irmão.

"Em razão do poder de polícia conferido a este Juízo, determinei que D.____ deixasse a mesa de audiência, passando a audiência a ser conduzida por seu irmão, Dr. ______. Para se manter o registro de todos os fatos, determinei à secretária que mantivesse o nome do Dr. ______ no cadastro na parte superior da ata de audiência, uma vez que foi esta a OAB fornecida pelo Dr. _____, no início da assentada."

A juíza também observou que o advogado que estava presente conduz várias audiências de outras reclamações trabalhistas, como por exemplo uma realizada no dia anterior, também com a OAB de seu irmão, o que mostra a prática recorrente do fornecimento de registro diverso.

Assim, determinou que sejam oficiados a OAB, MPF e INSS, nos termos do art. 40 do CPP.

Por: Redação do Migalhas

Atualizado em: 12/4/2019 08:56