Migalhas

Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Sustentabilidade

STJ: Gabinete do ministro Campbell reduz acervo com inédita economia de materiais em 2019

O gabinete de S. Exa. não gastou um único real no ano com materiais.

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

t

De um acervo de 5.224 processos em dezembro de 2017, o gabinete do ministro Mauro Campbell, do STJ, encerrou o último ano com apenas 4.509 processos na conta. As informações são do relatório de atividades encaminhado à presidência do Tribunal, e que contam ainda com fato inédito: o gabinete de S. Exa. não gastou um único real em 2019 com materiais.

Isso mesmo: não houve registro de consumo de material, o ápice de uma tendência que o gabinete já demonstrava nos últimos tempos.

t

É com muito júbilo que divulgamos tal fato como comprovação de que existe, através do esforço individual, a possibilidade de consumir menos e ainda praticarmos nosso mistér com qualidade e dedicação, em busca de uma prestação jurisdicional célere e efetiva tanto almejada pela sociedade brasileira”, informa o relatório do gabinete.

t

t

Um dado importante: em dezembro de 2017, ano no qual o ministro completou dez anos de atuação no Tribunal da Cidadania, o acervo já havia sido reduzido em 40%.

Mauro Campbell integra a 2ª turma e a 1ª seção do STJ, que julgam matérias de Direito Público, bem como a Corte Especial do Tribunal. Campbell esteve até agosto de 2019 na presidência da 1ª seção de Direito Público.

Nos dois anos em que o colegiado esteve sob seu comando, foram expeditos precatórios e requisições de pequeno valor que somaram a monta de R$ 68,35 mi, tornando assim efetiva a prestação jurisdicional.

Vale lembrar, ainda, que S. Exa. é o presidente da Comissão de Regimento Interno desde fevereiro de 2018 e, desde agosto do mesmo ano, exerce também as funções de Diretor da Revista do STJ.

patrocínio

últimas quentes

-