Migalhas

Sábado, 29 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

TJ/PE - Troféu Dom Quixote ressalta princípios de Justiça

Dom Quixote e Sancho Pança, símbolos de abnegação, lealdade e luta contra as injustiças, retratam com fidedignidade a missão natural do Poder Judiciário. A analogia foi feita pelo presidente da Confraria Dom Quixote, Orpheu Salles, no dia 16/12, durante a solenidade de entrega dos troféus que levam os nomes dos dois personagens da obra de Miguel de Cervantes, realizada no do Salão do Pleno do TJ/PE.

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009


Confraria Dom Quixote

TJ/PE - Troféu Dom Quixote ressalta princípios de Justiça

 

Dom Quixote e Sancho Pança, símbolos de abnegação, lealdade e luta contra as injustiças, retratam com fidedignidade a missão natural do Poder Judiciário. A analogia foi feita pelo presidente da Confraria Dom Quixote, Orpheu Salles, no dia 16/12, durante a solenidade de entrega dos troféus que levam os nomes dos dois personagens da obra de Miguel de Cervantes, realizada no do Salão do Pleno do TJ/PE.

"No seu amor puro por Dulcinéia e sacrifício pela causa popular, Dom Quixote é um exemplo de ética e dignidade. O Judiciário, por sua vez, constitui uma reserva moral e instrumento capaz de frear a corrupção que domina a política brasileira", completou Salles, ao justificar a denominação dos troféus destinados a homenagear personalidades que se destacaram na defesa da moralidade e dos direitos da cidadania.

Ao abrir o evento, o presidente do TJ/PE, desembargador Jones Figueirêdo, ressaltou que esta edição do prêmio foi promovida conjuntamente pelo Judiciário estadual, pela Confraria Dom Quixote e Revista Justiça & Cidadania. Criado em 1999, o Troféu Dom Quixote é oferecido prioritariamente a representantes da magistratura, do Congresso Nacional, da administração pública. O Troféu Sancho Pança foi criado, posteriormente, para homenagear personalidades que já receberam o primeiro e que se mantiveram fiéis aos mesmos princípios.

Por determinação do presidente Jones Figueirêdo, o desembargador aposentado e ex-presidente do TJPE, Nildo Nery dos Santos, contemplado com o troféu, falou em nome dos demais desembargadores e juízes homenageados. Nery fez uma retrospectiva do Programa Criança Cidadã, lançado no TJ/PE em fevereiro de 2000, quando ele assumiu a presidência do órgão.

Criado com o desafio de tirar as crianças das ruas do Recife, o Programa representou a maior ação social já desenvolvida no âmbito do Judiciário estadual, aglutinando outros órgãos públicos, organizações não governamentais e a iniciativa privada. "Esse trabalho tem continuidade, ainda hoje, através da Associação Criança Cidadã, mantenedora da Orquestra Meninos do Coque e das Vilas São Francisco e Nossa Senhora de Fátima, na comunidade do Caiara", observou.

O desembargador Nildo Nery nominou alguns magistrados, dos presentes à solenidade de entrega do Troféu Dom Quixote, parceiros do Programa Criança Cidadã, entre eles os desembargadores Luiz Carlos Figueirêdo, Fernando Cerqueira, Helena Caúla Reis e o juiz João Targino. O ex-presidente também mencionou o Cidade Digna, primeiro trabalho desenvolvido no bairro do Coque e que foi coordenado pelo desembargador Jones Figueirêdo.

O arcebispo de Olinda e Recife, D. Fernando Saburido, também foi agraciado com o Troféu Dom Quixote. O religioso falou da honra de participar da solenidade no Palácio da Justiça, que para ele, à frente da Arquidiocese desde julho passado, foi também uma oportunidade de manter contatos com as autoridades presentes. Ele agradeceu à distinção da homenagem concedida pelo TJ/PE em conjunto com a Confraria Dom Quixote e a Revista Justiça & Cidadania.

Do TJ/PE, foram agraciados - além do presidente Jones Figueirêdo e do ex-presidente Nildo Nery - os desembargadores Bartolomeu Bueno (vice-presidente do TJ/PE), José Fernandes (corregedor geral da Justiça), Jovaldo Nunes, Leopoldo de Arruda Raposo, Adalberto de Oliveira Melo, Alberto Nogueira Virgínio, Antônio de Melo e Lima, Alexandre Guedes Alcoforado Assunção, Fausto de Castro Campos, Nivaldo Mulatinho de Medeiros Correia Filho e Josué Antônio Fonseca de Sena. Também receberam troféu os juízes Demócrito Reinaldo Filho e João Rocha Targino.

_________________

patrocínio

últimas quentes

-