Terça-feira, 12 de novembro de 2019 Cadastre-se

ISSN 1983-392X

História sem fim

quarta-feira, 4 de novembro de 2015


A ministra Rosa Weber saiu ontem da 1ª turma do STF e se dirigiu à 2ª turma para julgar feitos afetos à sua relatoria perante o colegiado. Logo de cara, já foi incumbida de tarefa hercúlea : manter o fôlego e ler o feito apregoado para julgamento, em tramitação na Corte desde 2002. Não esmoreça, migalheiro, e tente acompanhar, com olhos atentos, até o final. "Embargos de declaração no agravo regimental no agravo regimental no agravo regimental nos embargos de divergência nos embargos de declaração nos embargos de declaração nos embargos de declaração no agravo regimental no agravo de instrumento 394.065." A procrastinação... quer dizer, a ação, foi afetada ao plenário, por indicação da ministra.