Sábado, 21 de setembro de 2019 Cadastre-se

ISSN 1983-392X

Baú migalheiro

sexta-feira, 30 de agosto de 2019


Há 64 anos, no dia 30 de agosto de 1955, por sugestão do então presidente do TSE, ministro Edgard Costa, o Congresso instituiu, através da lei 2.582, a cédula oficial sob a designação de cédula única de votação para as eleições de presidente e vice-presidente da República. Até 1950 as cédulas eleitorais eram impressas e distribuídas pelos próprios candidatos. O primeiro presidente da República eleito com a nova cédula foi Juscelino Kubitschek, em 3 de outubro do mesmo ano. Em 1962, a lei 4.109, criou a cédula oficial para todas as eleições.  

t

Fonte foto: Memorial da democracia/Orientação publicada na “Folha da Manhã”, 28 de setembro de 1955.