Sábado, 21 de setembro de 2019 Cadastre-se

ISSN 1983-392X

Sócio de Covac – Sociedade de Advogados participa de evento no México

quarta-feira, 4 de setembro de 2019


José Roberto Covac fez uma exposição sobre a educação superior brasileira e sobre a questão do compliance do setor no Brasil

O sócio da banca Covac – Sociedade de Advogados, José Roberto Covac, participou nesta segunda-feira, dia 2/9, na Universidade La Salle do México, do "VIII Encontro da Rede de Associações Latino-Americanas e do Caribe de Universidades Privadas (REALCUP)". Representando o Sindicato das Mantenedoras de Ensino Superior (Semesp), do qual é diretor jurídico, ele fez uma exposição sobre a educação superior brasileira para representantes de 11 associações que compõem a rede, acompanhado pelo diretor executivo do Semesp, Rodrigo Capelato.

"Em dois dias de evento, vamos acompanhar os principais desafios do ensino superior em diferentes contextos nacionais, o processo de internacionalização com seus desafios, oportunidades e ameaças e também a questão do compliance no ensino superior no Brasil", disse Covac.

A mesa da cerimônia de abertura foi composta pelo diretor geral do Instituto Tecnológico Nacional do México, Enrique Fernández; pelo coordenador do programa da IESALC/UNESCO, José Antonio Quinteiro Goris; pelo presidente da REALCUP, Hector Sauret; pelo presidente da Federação das Instituições Mexicanas de Ensino Superior, Emilio Baños Ardavin; e pelo reitor da Universidade de La Salle, Enrique Gonzalez Alvarez.

A REALCUP foi criada há quatro anos e tem como princípios: contribuir para o desenvolvimento de uma educação superior concebida como um bem público, como um direito humano universal e como uma peça relevante para a busca responsável por soluções para problemas sociais; defender a autonomia da universidade e o respeito pela diversidade de instituições e modelos de ensino; apoiar o desenvolvimento de sistemas de garantia de qualidade que contribuam para a transparência institucional e a melhoria contínua do ensino superior; destacar a contribuição da iniciativa privada para democratizar o conhecimento e atender ao aumento sustentado das matrículas; promover uma cultura para a paz e construir um espaço de integração regional e promotor da internacionalização do ensino superior.

t