Terça-feira, 19 de novembro de 2019 Cadastre-se

ISSN 1983-392X

Baú migalheiro

sexta-feira, 8 de novembro de 2019


Há 220 anos, no dia 8 de novembro de 1799, os líderes da Conjuração Baiana foram executados na Praça da Piedade, em Salvador. O movimento defendia o fim da escravatura, o aumento do salário dos soldados, a implantação de uma república na Bahia e liberdade comercial. A revolta, no entanto, foi denunciada por alguns de seus participantes e, para acabar com o movimento, o Governo Baiano organizou as forças militares. Inúmeros integrantes do movimento foram presos ou expulsos do país. Contudo, os quatro principais líderes do movimento foram condenados a pena de morte por enforcamento.

t