Sexta-feira, 26 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/SP empossa dois novos desembargadores

Tomaram posse ontem, 3/12, como desembargadores do TJ/SP, Gilberto Gomes de Macedo Leme e Paulo Alcides Amaral Salles. A corte conta, agora, com 355 desembargadores.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009


Posse

TJ/SP empossa dois novos desembargadores

Tomaram posse ontem, 3/12, como desembargadores do TJ/SP, Gilberto Gomes de Macedo Leme e Paulo Alcides Amaral Salles. A corte conta, agora, com 355 desembargadores.

A solenidade foi iniciada com o desembargador José Geraldo Barreto Fonseca, decano em exercício do TJ/SP, representando o presidente, Roberto Antonio Vallim Bellocchi. O desembargador entregou aos magistrados o colar do mérito judiciário, simbolizando a posse nos cargos de desembargador.

Após a entrega dos colares, o desembargador Paulo Dimas de Bellis Mascaretti, orador em nome do TJ, discursou sobre os desafios enfrentados por todos os que se tornam desembargadores: "Ingressar na magistratura, galgar os degraus da carreira e alcançar o cargo mais elevado representa uma grande vitória". "Essa valiosa conquista decorre, certamente, de uma trajetória forjada a partir de um sonho, de uma inspiração, de muita transpiração, lágrimas, uma fé inabalável, um ideal e trabalho árduo", completou.

Chamado para seu discurso de posse, o desembargador Paulo Alcides Amaral Salles falou : "Nada mais nobre a um juiz, após percorrer todos os degraus da carreira, do que atingir o elevado cargo de desembargador. Ao assumir esse cargo, sinto uma sensação de conquista, que expresso com humildade; de orgulho, que proclamo sem arrogância, pois passo a envergar a toga que um dia foi de meu pai".

Discorreu, ainda, sobre a atividade exercida pelos juízes : "A instrução do processo, o debate com advogados e promotores de justiça, o contato com as partes e o testemunho das aflições humanas, são, certamente, momentos únicos na carreira do magistrado ; marcam-no para o resto de sua trajetória".

Em seguida, falou o desembargador Gilberto Gomes de Macedo Leme : "A ascensão ao elevado cargo de desembargador do Tribunal de Justiça, representa para mim a realização de um sonho e a maior aspiração da minha vida de magistrado. Alcanço a última etapa da minha carreira, tomado de alvoroçada satisfação de quem inicia uma nova caminhada de vida".

Citou, também, as dificuldades que irá enfrentar no exercício do cargo : "A responsabilidade não se restringe ao exame das decisões: abarca a necessidade de contribuir para a pronta resposta do Poder Judiciário aos que lhe batem à porta". Por fim, disse : "Chego a esta corte oferecendo a todos, magistrados e funcionários, o meu respeito e a minha amizade. Rogo aos colegas da Câmara o auxílio da sua sabedoria e a compreensão pelos meus desacertos, involuntários, durante a minha participação neste tribunal".

Currículos

Gilberto Gomes de Macedo Leme nasceu no dia 30 de maio de 1953, na cidade de São Paulo, e colou grau na Faculdade Paulista de Direito da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC), no ano de 1976. Iniciou carreira na magistratura como juiz substituto da 2ª circunscrição Judiciária, com sede em São Bernardo do Campo, em 1985. No mesmo ano, foi promovido, por merecimento, a juiz de direito de 1ª entrância, para a comarca de Apiaí e, posteriormente, para a comarca de Araras. Em 1987, assumiu como juiz auxiliar da capital e, em 1994, por merecimento, foi promovido à 4ª vara Criminal do Foro Regional de Santo Amaro.

Paulo Alcides Amaral Salles nasceu na cidade de Santos, no litoral de São Paulo, em 16 de agosto de 1956. Formou-se bacharel em Direito pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, em 1981. Iniciou carreira de magistrado como juiz da 19ª Circunscrição Judiciária, com sede em Sorocaba, em 1985, sendo transferido, meses depois, para a 2ª Circunscrição Judiciária, com sede em São Bernardo do Campo. Em 1986, foi promovido a juiz de 1ª entrância para a comarca de Regente Feijó. No mesmo ano, assumiu em Ribeirão Pires, sendo promovido, em 1987, para juiz de direito auxiliar da Capital. No ano de 1995, foi promovido para a 12ª Vara Cível Central, sendo removido, em 2004, para o cargo de juiz substituto em 2º grau de São Paulo. No ano seguinte, foi eleito juiz de direito substituto do TRE, tomando posse como juiz efetivo do TRT.

  • Confira abaixo as fotos da posse.

___________________


(Paulo Alcides Amaral Salles recebe colar do mérito)


(Paulo Dimas Debellis Mascaretti)


(Paulo Alcides Amaral Salles discursa)


(Solenidade de posse dos novos desembargadores)


(Gilberto Gomes de Macedo Leme)


(Novos desembargadores e esposas)

______________
_________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes