quarta-feira, 22 de setembro de 2021

COLUNAS

  1. Home >
  2. Colunas >
  3. Apito Legal >
  4. Vale o caneco

Vale o caneco

sexta-feira, 18 de junho de 2010

A vitória neste domingo, em Johannesburgo, vale a classificação matemática para as oitavas de final - e, dependendo do resultado de Portugal x Coreia do Norte no dia seguinte, pode sacramentar antecipadamente o primeiro lugar do Grupo G. Não é pouco, mas o confronto com a Costa do Marfim vale ainda mais para a Seleção. Vale o caneco. Portanto, vale o hexa.

Exagero ? Talvez. Afinal o jogo será no Soccer City, palco da final da Copa, mas decide apenas, se decidir, a ordem de classificação do Grupo B. A final ainda está distante e muita bola terá de rolar em outros campos da África do Sul antes que o Brasil de Robinho e companhia menos animada chegue lá. No entanto, o Brasil precisa mostrar, diante da Costa do Marfim, que tem bola para seguir na briga.

Pelo que mostraram no 0 a 0 com Portugal, os marfinenses serão nossos mais difíceis adversários nesta primeira fase da Copa. Não que seu time seja tecnicamente superior ao de Portugal, mas tem uma feição muito menos palatável a este Brasil que, nos 2 a 1 sobre a Coreia do Norte, mostrou mais uma vez enorme dificuldade para furar uma defesa armada na retranca.

A Costa do Marfim é uma Coreia do Norte muito, muito melhorada. Se a Seleção sofreu, como sofreu, com a marcação coreana, corre o risco de emperrar diante da organizada defesa marfinense. Em toda a história das Copas, jamais tinha se visto uma seleção africana tão organizada e consciente em seu campo de defesa.

E a Costa do Marfim não é só isso. Bem distribuído em campo, fisicamente muito forte, o time tem alguns jogadores habilidosos que driblam bem e insistem nas jogadas individuais. Pior ainda para o Brasil, que será obrigado a procurar insistentemente o ataque: a Costa do Marfim é um time muito veloz. Não sabe ou não gosta de tocar a bola de pé em pé, porém. Todos insistem em conduzi-la, quase não trocam passes curtos, preferem lançamentos e cruzamentos.

Este Brasil montado para atacar em contragolpes rápidos vai penar, a menos que faça um gol nos primeiros minutos e obrigue os marfinenses a adiantar a marcação. Enquanto o gol não sair, o Brasil é que terá de tocar a bola de pé em pé, combinando paciência e um mínimo de volúpia ofensiva, algo que ainda não mostrou contra adversários tecnicamente inferiores em toda esta nova era Dunga. E ainda terá de se proteger para não dar a eles a possibilidade do contra-ataque.

O futebol de toques da Argentina, da Espanha e até da Alemanha seria uma bela alternativa num jogo em que estarão fechados os caminhos para as arrancadas. São pequenas, no entanto, as chances de que nossos meio de campo e ataque retomem, neste segundo jogo na África do Sul, o padrão de jogo que historicamente caracteriza a escola brasileira. Sem querer amedrontar ninguém, vale insistir: o Brasil vai penar.

Só não vamos sofrer se o Brasil tiver reaprendido, nestes dias de treinamento na África, a se impor no campo de ataque diante de adversários mais fracos.

Não é o que sugerem antecedentes como os 2 a 1 sobre a Coreia do Norte nesta Copa, o 1 a 0 sobre a África do Sul na Copa das Confederações, os 0 a 0 com Colômbia e Bolívia e o 1 a 1 com o Equador nas Eliminatórias. O Brasil de Dunga costuma se dar bem contra adversários realmente fortes, tanto que já enfiou dois 3 a 0 na Argentina, outros 3 a 0 na Itália, 4 a 0 no Uruguai e 6 a 2 em Portugal.

O problema não é pegar a Espanha nas oitavas de final, como temem tantos a esta altura da Copa do Mundo, mas encarar mais uma retranca em jogo que vale a sobrevivência na Copa.

Opa, vale a sobrevivência ou vale o caneco ? Vale os dois. Este Brasil que até agora não sabe abrir espaço em defesas fechadas sabe explorar muito bem os espaços que lhe são oferecidos. E, depois da retranca dos marfinenses, devemos ter pela frente seleções que também gostam de atacar e, portanto, abrem espaço ao contragolpe. É tudo o que o Brasil de Dunga quer.

O que vale, nesta segunda rodada da Copa, é tirar a Costa do Marfim do caminho.

___________________
_________


Confira a tabela da Copa do Mundo 2010 - clique aqui.

_________
___________________

Atualizado em: 18/6/2010 07:11