sexta-feira, 27 de maio de 2022

COLUNAS

  1. Home >
  2. Colunas >
  3. Investimentos Financeiros >
  4. Taxa Selic em queda: onde investir?

Taxa Selic em queda: onde investir?

BTG Pactual

quinta-feira, 14 de novembro de 2019

O primeiro impacto que o investidor sente com a Selic em queda é a redução da rentabilidade de suas aplicações em renda fixa.

Como a Selic é a taxa básica da economia e o CDI é seu espelho, todas as aplicações que possuem remuneração atrelada a um dos dois indicadores são impactadas imediatamente.

Muitos investidores ficam extremamente ansiosos com os movimentos da Selic. Mas, não há motivos para pânico.

É importante ter em mente que a queda da Selic é bom para a economia, para as empresas e para a geração de empregos.

Nesse contexto é possível buscar investimentos mais rentáveis, mas é preciso agir com calma e considerar outros pontos além da rentabilidade.

A importância do planejamento financeiro pessoal

Investir é um meio pelo qual objetivos da vida real podem ser alcançados. Por mais que isso seja óbvio, muitos investidores se perdem na excessiva quantidade de informações produzidas pelo mercado financeiro, cenários econômicos, taxas, gráficos, relatórios e ficam aprisionados em um looping mental infinito.

Manter-se informado sobre tudo isso é ótimo! Porém, isso pode ser desnecessário se o investidor esquecer daquilo que deve estar no centro de sua tomada de decisão: os seus sonhos.

Um investimento será bom ou ruim de acordo com a sua possibilidade de atender necessidades reais na vida de um investidor, tais como: estar preparado para emergências, como uma eventual perda de emprego, mudança na carreira, trocar de carro, comprar uma casa, pagar a educação dos filhos, fazer cursos no exterior, passar um ano velejando pelo mundo, abrir uma empresa ou alcançar a sua independência financeira. Todos esses sonhos possuem prazos de maturação, assim como os investimentos.

Que tal fazer uma simulação de quanto seu dinheiro pode render com o BTG Pactual digital? Clique aqui e acesse o Simulador de Investimentos BTG.

Selic em queda: quais investimentos rendem mais?

Ações e Fundos de Ações

Em momentos de Selic em queda, o consumo das famílias acelera e o custo de captação para as empresas diminui. Isso significa um aumento das expectativas de lucros das empresas. Logo, queda de Selic beneficia o mercado de ações.

Renda fixa prefixada (Tesouro prefixado, Tesouro IPCA+, CDB, LCI, LCA, LC, etc.)

Em momentos de Selic em queda, travar um investimento em renda fixa prefixada evita que ele perca rentabilidade.

Porém, deve se tomar um cuidado: existe um risco em prefixar taxas quando a Selic está muito baixa, pois caso o movimento se modifique e a Selic volte a subir, você permanecerá prefixado numa taxa baixa. O melhor momento de prefixar é antes - ou no início - do movimento de queda de Selic.

Fundos multimercados

Os fundos multimercados proporcionam mais liberdade aos gestores, que podem buscar alternativas mais rentáveis navegando entre a renda fixa e a renda variável, conforme as oportunidade de mercado se apresentem.

Ficou interessado? O BTG Pactual digital possui uma plataforma completa, com diferentes opções para você investir. Abra sua conta!

__________

Oferecimento BTG Pactual digital

Atualizado em: 14/11/2019 09:23