sábado, 20 de agosto de 2022

COLUNAS

  1. Home >
  2. Colunas >
  3. Investimentos Financeiros >
  4. Fundos imobiliários registram patrimônio recorde; descubra as vantagens desse investimento

Fundos imobiliários registram patrimônio recorde; descubra as vantagens desse investimento

BTG Pactual

terça-feira, 22 de fevereiro de 2022

Atualizado em 21 de fevereiro de 2022 22:02

O boletim mensal de FIIs - fundos imobiliários da B3 indicou a máxima de R$ 176 bilhões em patrimônio líquido dos investimentos da categoria em dezembro de 2021, batendo o último recorde de R$ 167 bilhões, atingidos em outubro daquele ano. A alta foi acompanhada do aumento do valor de mercado dos FIIs, que chegou a R$ 138 bilhões.

O número de investidores em fundos imobiliários também cresceu no início deste ano e segue sendo majoritariamente composto por pessoas físicas. E por que tantas pessoas aplicam nesses fundos? Quais são suas vantagens?

Conheça o BTG Pactual e as soluções para você investir com segurança e atendimento 24 horas e transforme sua vida financeira. 

Os FIIs são fundos de investimento compostos principalmente por ativos do mercado imobiliário. Ou seja, o investidor adquire uma cota de um fundo administrado por um gestor profissional, responsável pela compra e venda desses ativos.

Trata-se de um amplo cardápio de fundos, cujos principais são de tijolo - imóveis físicos, construídos ou em construção -, de papel - títulos lastreados em imóveis, como os CRIs - Certificados de Recebíveis Imobiliários e as LCIs - Letras de Crédito Imobiliário - e os fundos de fundos - cotas de outros FIIs, que podem ter ativos de fundos de papel ou de tijolo.

Isso apresenta uma alternativa à compra de imóveis como forma de se fazer um investimento. Com os fundos imobiliários, é possível obter rendimentos do mercado imobiliário aplicando valores menores, sem precisar adquirir um imóvel.

Eles são acessíveis, apresentam investimentos mínimos variados e atendem a diversos perfis de investidores. Assim, apresentam uma boa forma de diversificar a carteira.

Por outro lado, é preciso ter em mente que os FIIs são investimentos de renda variável. Por isso, estão expostos aos riscos existentes no mercado imobiliário, como a oscilação no preço das cotas, a vacância de imóveis para aluguel, a possibilidade de inadimplência do inquilino e de desvalorização da propriedade.

Todos esses fatores afetam os ganhos dos cotistas. Assim, a modalidade é adequada para investidores com mais tolerância aos riscos da renda variável e para quem busca obter renda passiva - aumentar um montante de dinheiro sem trabalhar para isso. E, para correr menos riscos com a volatilidade, é interessante visar as aplicações para o longo prazo.

Quer investir em fundos imobiliários e não sabe por onde começar? Diversifique seus investimentos com todo o suporte especializado BTG Pactual.

_____

Oferecimento BTG Pactual.