sexta-feira, 12 de agosto de 2022

COLUNAS

  1. Home >
  2. Colunas >
  3. Latinório >
  4. Expressões Latinas nº 216

Expressões Latinas nº 216

terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Atualizado em 3 de janeiro de 2011 15:07

Cui jus est donandi, eique et vendendi et concedendi jus est - "Quem tem o direito de dar, tem o de vender e de conceder."

Cui recte solvitur, is etiam novare potest - "Aquele a quem se paga retamente, também pode novar."

Cui usus relictus est, uti potest, frui non potest - "Aquele a quem foi deixado o uso, pode usar, não pode fruir."

Cuique licet juri in favore suo introducto renuntiare - "A cada um é lícito renunciar ao direito criado em seu favor."

Cuique suum - "A cada um o seu."

Cujus anima et quasi nervi sunt - "Cuja alma e cujos nervos são (os motivos da sentença)."

Cujus est condere leges, ejus est abrogare - "Aquele que pode fazer a lei, pode ab-rogá-la."

Cujus est dare, ejus disponere - "Quem dá, pode dispor."

Cujus materia sit, illius et res quae facta sit videtur esse - "A coisa fabricada parece ser daquele de quem é a sua matéria."

Cujus periculum est et commodus ejus esse debet - "Aquele de quem é o perigo deve ser a vantagem."

Culpa caret qui scit sed prohibere non potest - "Carece de culpa quem sabe, mas não pode proibir."

Culpa dolo proxima dolum representat - "A culpa próxima ao dolo, representa o dolo."