sábado, 11 de julho de 2020

ISSN 1983-392X

Latinório
Silvio Teixeira Moreira

Micae versus frusta?

terça-feira, 17 de abril de 2012

 

Micae versus frusta ?


O leitor, Clotário Dantas, em comentários pertinentes, veio enriquecer nossa lembrança de um nome latino que significasse 'migalhas'. Não só comentou as sugestões que ofereci com referência à expressão "o que não está em 'Migalhas', não está no mundo", tomada de "o que não está nos autos, não está no mundo" ("quod non est in actis, non est in mundo"), mas também trouxe uma contribuição valiosa: "frusta", plural de "frustum" (bocado), seria um ótimo termo latino para significar migalhas. Fez citações que vão de Cícero aos "adeptos de Popeye".


Resumindo: deu um verdadeiro 'show' de bola, um passeio pelo campo do Latinório, com os aplausos da torcida.

Sugeriu "quod non est in Frustis, non est in mundo" (que considera bastante eufônico), como possível concorrente de "quod non est in Micis, non est in mundo".


Clotário que me perdoe, mas ainda continuo preferindo a palavra "Mica", da Vulgata embora, ao termo "Frustum", conquanto clássico e corretíssimo, por me parecer aquela mais bem encaixada, mais natural, mais sugestiva.


Finalizando: dentre as sugestões que apresentei, prefiro "quod non est in Micis, non est in mundo", por ser a mais simples, a mais sustentável, com base na estrutura das orações latinas e 'MICA', a palavra que guarda mais aproximação sonora com o vocábulo cuja versão se pretende: migalha.


Muito obrigado, migalheiro Clotário! Comentários inteligentes serão sempre bem recebidos.

__________

Silvio Teixeira Moreira

Silvio Teixeira Moreira, foi desembargador do TJ/RJ, ex-promotor de Justiça do MP/SP, ex-professor de Latim e advogado criminal.

Cadastre-se para receber o informativo gratuitamente

WhatsApp Telegram