domingo, 9 de maio de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Governo se prepara para conceder principais aeroportos do país

A realização da PMI (Proposta de Manifestação de Interesse) aparece em um momento oportuno no qual especialistas reconhecem uma retomada, ainda que gradual, do setor aéreo nacional e internacional.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

O Governo Federal está se preparando para conceder à iniciativa privada dois dos aeroportos mais importantes do Brasil.

O MInfra (Ministério da Infraestrutura) lançou, em outubro de 2020, o Chamamento Público de Estudos 5/20 para a apresentação de levantamentos que subsidiarão a concessão de 17 aeroportos objeto da 7ª Rodada de Concessões Aeroportuárias. Entre eles, estão os aeroportos de Congonhas (SP) e o Santos Dumont (RJ), dois dos mais movimentados do país.

A realização da PMI (Proposta de Manifestação de Interesse) aparece em um momento oportuno no qual especialistas reconhecem uma retomada, ainda que gradual, do setor aéreo nacional e internacional.

Os 17 aeroportos a serem concedidos serão divididos em três grandes blocos, com a seguinte configuração:

  • Bloco São Paulo - Mato Grosso do Sul: Aeroporto de Congonhas/SP e Campo de Marte/SP e aeroportos de Campo Grande/MS, Corumbá/MS, São José dos Campos/SP e Ponta Porã/MS.
  • Bloco Rio de Janeiro - Minas Gerais: Aeroporto de Santos Dumont/RJ e aeroportos de Uberlândia/MG, Montes Claros/MG, Uberaba/MG, Jacarepaguá/RJ.
  • Bloco Norte II: Aeroportos de Belém/PA, Macapá/AP, Marabá/PA, Parauapebas/PA e Altamira/PA.

Estima-se que a arrecadação prevista para esta nova Rodada de Concessões seja de R$ 5,28 bilhões e, segundo o Governo Federal, há previsões de que o edital e o leilão ocorram no primeiro semestre de 2022.

Em linhas gerais, é possível notar que o Governo Federal, alinhando-se às mudanças e à eventual recuperação do setor, tem tentado manter os planos inicialmente estipulados, com vistas a contornar o momento de crise e de instabilidade atual.

Deste modo, mesmo que a 7ª Rodada ocorra somente em 2022, a elaboração dos estudos que a embasarão deve ser vista com bons olhos pelos envolvidos no setor, especialmente porque mantém aquecido o mercado de concessões no setor de infraestrutura aérea enquanto a atual 6ª Rodada ainda não segue seus próximos passos.

(Imagem: Divulgação)

(Imagem: Divulgação)

A 6ª Rodada de Concessões Aeroportuárias

A 6ª Rodada de Concessões, ainda em andamento, tem por objetivo a expansão, manutenção e operação de 22 (vinte e dois) aeroportos agrupados em três grandes blocos:

  • Bloco Sul: Aeroportos de Curitiba/PR, Foz do Iguaçu/PR, Londrina/PR, Bacacheri/PR, Navegantes/SC, Joinville/SC, Pelotas/RS, Uruguaiana/RS e Bagé/RS.
  • Bloco Central: Aeroportos de Goiânia/GO, Palmas/TO, Teresina/PI, Petrolina/PE, São Luís/MA e Imperatriz/MA.
  • Bloco Norte: Aeroportos de Manaus/AM, Tabatinga/AM, Tefé/AM, Rio Branco/AC, Cruzeiro do Sul/AC, Porto Velho/RN e Boa Vista/RR.

As expectativas eram de que esta Rodada ocorresse ainda neste ano, contudo, a pandemia atrasou o cronograma. Houve a necessidade de reelaboração de estudos de engenharia e de demais documentos. Após nova consulta pública complementar em agosto/20 para validação de alterações nas minutas do edital e dos contratos da 6ª Rodada, e depois da aprovação pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), os estudos foram enviados para análise do TCU (Tribunal de Contas da União) em 1º jul, pendendo, até o momento, de uma resposta em definitivo do órgão de contas.

Segundo expectativas do Governo Federal, espera-se que, com a aprovação dos documentos pelo TCU, o leilão da 6ª Rodada possa acontecer no 1º semestre de 2021.

Atualizado em: 10/12/2020 08:26

Ane Elisa Perez

Ane Elisa Perez

Graduada em Direito pela PUC/SP. Especializada em Direito Administrativo pela FGV-SP. Mestranda em Direito Constitucional pela PUC/SP. Sócia do escritório Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados.

Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade