sexta-feira, 5 de março de 2021

MIGALHAS DE PESO

Publicidade

Tendências de comunicação jurídica em 2021

Carolina Memran e Tatiana Akashi

Que tendências de marketing jurídico os escritórios de advocacia e advogados devem observar em 2021?

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Com a extensão do trabalho remoto em virtude da pandemia do coronavírus, 2021 promete ser um ano repleto de desafios para os escritórios de advocacia.

Diante da iminente aprovação da flexibilização das regras para a publicidade e propaganda pela OAB, é hora de se pensar em movimentos de comunicação e marketing que possam promover, de forma efetiva, um maior alcance da fixação da marca do escritório e de suas expertises.

Que tendências de marketing jurídico os escritórios de advocacia e advogados devem observar em 2021? Como você pode incorporar melhor essas tendências em uma estratégia de marketing personalizada e alinhada à sua prática e valores?

Seguem aqui algumas ideias que acreditamos que irão ser as principais tendências para a comunicação jurídica em 2021:

INTERDISCIPLINARIEDADE

Nesse ano, as empresas estarão se recuperando dos bloqueios e das quarentenas de 2020, bem como do impacto socioeconômico global da pandemia. Além disso, a quantidade de inovações jurídicas e legislativas do período gerou uma ampla demanda de assessoria jurídica que pudesse contemplar, de forma integrada, as diversas necessidades do período.

Muitas dessas empresas vão precisar de ajuda para navegar no campo minado de indenizações trabalhistas por uso do home office, questões tributárias relacionadas ao adiamento do pagamento de impostos, questões de direito de saúde, planos e responsabilidade médica, passando pelo direito digital com a LGPD e o imbróglio da privacidade de dados, além da área de direitos do consumidor.

Partindo do pressuposto que as questões tecnológicas perpassam todas as áreas, as empresas vão precisar de respostas de globais, sem ter que recorrer a vários escritórios diferentes.

Oferecer atendimento full service por meio de forças tarefa nas mais diversas áreas, pode ser determinante na escolha do escritório e se você comunicar esse modelo de atendimento em suas redes sociais, estará proporcionando o que as empresas precisam.

CONTEÚDO

O diferencial dos escritórios internacionais em sua comunicação é não somente fazer a divulgação de suas conquistas institucionais, mas também promover a criação de conteúdo útil e confiável sobre um assunto, seja ele uma cartilha sobre LGPD, um passo a passo da nova lei de falências ou um artigo sobre conscientização ambiental.

Ao criar conteúdo educacional, os advogados podem efetivamente criar consciência da comunidade para sua prática.

Com a diminuição de eventos e atividades institucionais externas, o conteúdo de qualidade que forneça informações úteis e guias sobre questões jurídicas vão ser um "must have" da comunicação.

PATROCÍNIO DE POSTS E FERRAMENTAS DE SEO

Qualificar a audiência de quem lê o conteúdo, é o grande segredo para o alcance de possíveis clientes. Falar em "leads" na área jurídica era bastante incerto, já que advogados não tem um produto para vender, mas resultados para apresentar.

Com a pandemia da covid-19, segundo o Interative Advertising Bureau - IAB Brasil, anunciantes pretendem ampliar a verba direcionada para as mídias sociais em 31%, e em 24% em vídeo (on-line e mobile). 

Com a disponibilização de ferramentas de segmentação cada vez mais singulares, principalmente no Linkedin, é possível selecionar de forma mais eficiente o público-alvo da comunicação, garantindo o acesso a  conteúdos que interessem e agreguem verdadeiramente. Assim, o orçamento para ações de marketing do escritório, deve contemplar a promoção de posts pagos como uma ferramenta bastante importante para a promoção de seu trabalho.

O site deverá ser o centralizador desse conteúdo de qualidade e único e deverá ser otimizado para SEO. Isso garantirá que clientes em potencial que nesses tempos de comunicação virtual, passam a maior parte do tempo online em busca de informações, achem no seu site o que estava buscando.

LIVES, PODCASTS, VÍDEOS E AFINS

O processo comunicacional deve englobar todos os veículos e formatos de forma integrada. É imperativo que os escritórios tenham redes sociais atualizadas frequentemente com posts, vídeos, motions, podcasts com temas relevantes e todas as formas de comunicação digital disponíveis, de forma alternada e constante.

O consumo de conteúdo audiovisual no Brasil cresceu 135% nos últimos quatro anos, em estudo realizado pela Provokers e Box1824, e tende a confirmar a apreensão desse formato não somente como entretenimento, mas como potência educacional. Na mesma pesquisa, 9 a cada 10 pessoas se utilizam do Youtube reconheceram o Youtube como uma plataforma para fins educativos.

As lives são um capítulo à parte. Apesar do sucesso que fizeram no início da pandemia, o uso quase abusivo dessa ferramenta deixou o mercado saturado. Para produzir lives de qualidade e com audiência, atente-se para o tema, a estabilidade na transmissão e aos palestrantes.

Evite a exposição de slides: transforme a live em uma sala de bate papo descontraída e não em uma aula. Não ultrapasse 1 hora de evento e incentive a participação dos espectadores por meio de perguntas. A elaboração de um roteiro prévio, com os principais pontos de abordagem, e preparação para uma apresentação mais informal e não mecânica das informações, torna o debate organizado e fluido, e mais interessante de ser acompanhado integralmente pela audiência.

Por fim, é fundamental lembrar-se de que os formatos e veículos são instrumentos e sua utilização depende de estratégia, planejamento e harmonia com a marca e propósito. Se for para utilizá-los sem reflexão sobre o objetivo e o público alvo que se pretende, é muito possível que sua aplicação não contemple os resultados esperados.

DIVERSIDADE E ESG

Atuação em ESG e políticas internas de diversidade serão os temas mais procurados pelas empresas que estão contratando escritórios.

A promoção da diversidade e de políticas de inclusão continuam sendo temas fundamentais para ações e divulgação dos escritórios. Empresas já usam como critério para a contratação a existência de comitês de diversidade e o número de profissionais na área jurídica que se encaixam nesse critério.

Vale ressaltar que as empresas vão bem a fundo nas pesquisas sobre a aplicação das políticas. Portanto, simplesmente colocar no site a página "responsabilidade social" ou "comitê de diversidade" sem ações concretas e de impacto, pode ser um tiro pela culatra.

O ESG, a sigla para ENVIRONMENT, SOCIAL, GOVERNANCE, será tema não só de comunicação institucional como também para a divulgação de área de expertise do escritório, e reconhecimento nacional e internacional, com diversos rankings e consultorias criando premiações para ações que concretizem o ESG na rotina empresarial. As áreas de direito ambiental, trabalhista e compliance terão certamente um aumento de procura pelas empresas. Mas a aplicação dos princípios de ESG dentro dos escritórios, serão critérios que deverão contar muitos pontos para a contratação dos escritórios.

TRATAMENTO DE DADOS PESSOAIS

A LGPD que entrou em vigor em setembro de 2020, não proíbe o uso de informações pessoais para atuações com fins comerciais, mas permite um maior controle do usuário em relação à permissão do uso desses dados e o direito de remover suas informações.

Para isso os clientes têm que ser consultados sobre a continuidade do uso de seus endereços para o envio de e-mail marketing e só a expressa anuência em continuar o recebimento das informações é o que valida o envio da comunicação.

Para que o destinatário não cancele ou dê opt out na comunicação é fundamental construir uma relação de confiança entre cliente/perspectiva e isso depende da qualidade do que é informado. Um conteúdo técnico relevante, bem escrito, suscinto e chamativo visualmente é o que vai fazer com que seu cliente/perspectiva permaneça em sua lista de destinatários.

Em conclusão, a comunicação, especialmente com o advento tecnológico e ampliação do trabalho remoto no período, é um instrumento que deve ser priorizado para a verdadeira fixação da marca e expertise da prática jurídica. Uma boa estratégia comunicacional, focada em conteúdo, segmentação de públicos e utilização propositada das ferramentas digitais pode ser a aliada fundamental em um período de crescimento da demanda por escritórios de advocacia.

 

Atualizado em: 21/1/2021 13:43

Carolina Memran

Carolina Memran

Advogada, sócia da CMPRESS Comunicação Jurídica Planejada.

Tatiana Akashi

Tatiana Akashi

Advogada e colaboradora da CMPRESS Comunicação Jurídica Planejada.

AUTORES MIGALHAS

Busque pelo nome ou parte do nome do autor para encontrar publicações no Portal Migalhas.

Busca

Publicidade