Migalhas

Segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

ISSN 1983-392X

Feliz Natal e Próspero Ano Novo

Luciana Gualda

Quem nunca ouviu, ou, melhor, leu essas palavrinhas nesta época do ano? Engraçado que dificilmente dizemos isso para alguém, mas os cartões de Natal parecem ser padronizados e lá estão elas: feliz Natal e próspero Ano Novo.

quarta-feira, 16 de dezembro de 2009


Feliz Natal e Próspero Ano Novo

Luciana Gualda*

Quem nunca ouviu, ou, melhor, leu essas palavrinhas nesta época do ano? Engraçado que dificilmente dizemos isso para alguém, mas os cartões de Natal parecem ser padronizados e lá estão elas: feliz Natal e próspero Ano Novo.

Bem, as intenções são as melhores neste período. Todos sorridentes, empenhados em comprar os melhores presentes e, se possível, nas melhores ofertas. Muitos fazem listas de pessoas e coisas. Todos se estressam e dizem algo sobre a correria do fim de ano.

O trânsito em geral fica um horror. Parece que todos os caminhões resolvem cruzar as cidades ao mesmo tempo (e o tempo todo). Devem ser as compras de internet, porque, embora tenhamos a impressão de que o presente venha teletransportado, na verdade ele sai de um centro de distribuição geralmente no fim do mundo, e vem até perto de nossa casa num caminhão bem grande. Daí, se pequeno, é possível que vá parar na caçamba de uma motocicleta, que por sua vez é conduzida por um motoqueiro bem nervoso. Acho que isso é a correria do fim do ano.

Talvez não só isso. Tem também os amigos secretos e as frutas para a ceia. São tantos amigos secretos que chego à conclusão que eu não tenho tantos segredos durante o ano todo quanto os tenho em dezembro. E os valores também são importantes. É muito feio dar um presente de R$ 20,00 quando o estabelecido é R$ 50,00. Não importa se você achou uma prenda útil e linda, mas se é barata demais, não serve. Dê uma bobagem qualquer no valor estabelecido, é mais prudente, na medida em que ninguém vai falar mal de você. Por isso, pelo menos.

Vamos às frutas. O peru e o tender não causam muita celeuma, parece que é sempre a mãe que os prepara. Não importa se há várias mães no mesmo grupo, tem sempre uma que é mais mãe que as outras; então essa tem o privilégio, nunca o fardo, de preparar a maior parte da comilança. Mas as frutas dão confusão.

Todo mundo quer levar as cerejas, mas ninguém quer a melancia em sua lista. Penso que a melancia não caiba em nenhuma geladeira de isopor, não pára quieta no carro, não tem lugar prá ela na geladeira do cativeiro (cativeiro é a forma carinhosa de falar da casa onde é a festa, porque, depois que se entra não se pode sair antes da protocolar sobremesa, ou vai ter um parente dizendo que você é antipático e metido). Mas as cerejas são tão meigas, tão delicadas! Servem até de enfeite para as mesas. Só que no calor de dezembro, no fim todo mundo quer um bom e gelado pedaço de suculenta melancia. Na minha família, costumam deixar a melancia na piscina, refrescando-se. No fundo, é o lugar onde todos queriam ficar. Acho que o problema da melancia é esse: sofre de inveja.

Quanto aos parentes, desses nem vou falar. Cada família tem sua história de cunhados, genros e noras. Nunca filhos, os filhos são sempre os explorados por aqueles. Mas os futricos do dia seguinte são engraçadíssimos. Quem nunca ligou depois para o parente mais afim só para dar alguma risada à custa de outro?

E isso não é desamor não! Isso é a vida. A vida de todo mundo, algumas com mais, outras com menos tempero. Mas é isso que celebramos e isso que torna a data um "Feliz Natal". Sem entrar na esfera religiosa, Natal é para todos, independentemente do credo, uma festa. E se isso perdura por todo o ano novo que logo chega; então ele é "próspero".

Pronto, agora que entendi o que vem nos cartões, desejo o mesmo a todos. Que todos corram muito para dar conta de tudo, para, ao final, desfrutar (sem trocadilho) da proximidade das famílias, amigos e, nesse clima, celebrar que estamos vivos e prontos para o ano vindouro. Saúde!

________________

*Diretora Jurídica da MSD Brasil e Membro do grupo Jurídico de Saias


_______________

-