sexta-feira, 23 de abril de 2021

PÍLULAS

Publicidade

Xou da Xuxa

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Xuxa teve negado seguimento à reclamação que pretendia proibir o Google de exibir informações e resultados relacionados à apresentadora, como a expressão "Xuxa pedófila" e o filme "Amor, Estranho Amor".

A 2ª turma do STF confirmou voto do ministro Celso de Mello, para quem a decisão do STJ - de que os sites de busca não podem ser obrigados a eliminar de seus sistemas resultados derivados de busca de determinado termo ou expressão - não tem qualquer "juízo, ostensivo ou disfarçado, de inconstitucionalidade das normas legais".

Atualizado em: 16/9/2015 10:18

LEIA MAIS