sábado, 17 de abril de 2021

PÍLULAS

Publicidade

Baú migalheiro

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Há 85 anos, no dia 28 de fevereiro de 1935, morreu, no Rio de Janeiro, a compositora Chiquinha Gonzaga, personalidade feminina da música popular brasileira. Foi a primeira maestrina e autora da primeira marcha carnavalesca, "Ó Abre Alas"; foi também a primeira pianista de choro, introdutora da música popular em salões elegantes e fundadora da primeira sociedade protetora dos direitos autorais. Por desafiar os padrões da época, sofreu muito preconceito. Chiquinha participou do movimento pela abolição e vendia partituras para obter fundos para a Confederação Libertadora. Com parte do dinheiro, comprou a alforria de José Flauta, um escravo músico. 

chiquinha gonzaga

Atualizado em: 2/3/2020 10:00