quinta-feira, 15 de abril de 2021

PÍLULAS

Publicidade

Baú migalheiro

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Em 28 de dezembro de 1918, há 102 anos, morreu, no Rio de Janeiro, o jornalista e escritor Olavo Brás Martins dos Guimarães Bilac, membro fundador da Academia Brasileira de Letras, em 1896. É considerado o mais importante dos poetas parnasianos do Brasil. Apesar de ter ingressado nos cursos de Medicina e de Direito, não concluiu nenhum deles. Ele preferia a vida de jornalista, poeta e as rodas de boêmia e de literatura do Rio. Republicano e nacionalista, escreveu a letra do Hino à Bandeira (1907) e fez oposição ao governo de Floriano Peixoto. Por conta disso, foi preso e ficou quatro meses na cadeia. No fim da sua vida e reconhecido, Bilac recebeu o título de professor honorário da Universidade de São Paulo. Também foi eleito Príncipe dos Poetas Brasileiros, em 1907.

(Imagem: Arte Migalhas)

(Imagem: Arte Migalhas)

Atualizado em: 23/12/2020 12:53